Terça-Feira, 25 de Julho de 2017 |

Colunista


Cantinho Ecológico


Marco Aurélio


verdade@cpovo.net


Definição e classificação dos resíduos sólidos - parte II

Seguindo a classificação dos resíduos pela sua origem, iniciada na última coluna, temos:

Industrial: Aquele originado nas atividades dos diversos ramos da indústria, tais como, metalúrgica, química, petroquímica, papelaria, alimentícia, etc. O lixo industrial é bastante variado, podendo ser representado por cinzas, lodos, óleos, resíduos alcalinos ou ácidos, plásticos, papel, madeira, fibras, borracha, metal, escórias, vidros e cerâmicas, etc.

Agrícola: Resíduos sólidos das atividades agrícolas e da pecuária, como embalagens de adubos, defensivos agrícolas, ração, restos de colheita, etc.

Entulho: Resíduos da construção civil: demolições e restos de obras, solos de escavações, etc. O entulho é, geralmente, um material inerte, passível de reaproveitamento.

Planos de gerenciamento de resíduos

Segundo a Política Nacional de Resíduos Sólidos - PNRS (Lei 12.305/2010) regulamentada pelo Decreto 7.404/2010, os geradores de resíduos sólidos que não sejam qualificados como de limpeza urbana são obrigados a elaborarem seus devidos Planos de Gerenciamento de Resíduos Sólidos para demonstrar a sua capacidade de dar uma Destinação Final Ambientalmente Adequada aos seus resíduos. A penalidade para os responsáveis pelas empresas que não cumprirem com a determinação desta lei pode começar com a perda da sua licença de operação, aplicação de multas e até mesmo pena de reclusão de até 3 anos. Em todo o Brasil, o conteúdo dos Planos de Gerenciamento de Resíduos Sólidos - PGRS deverá seguir inicialmente as determinações das Leis e Normas Federais, Estaduais e Municipais além de manter um sistema de monitoramento informativo com relatórios periódicos sobre a eficiência da metodologia adotada para a destinação final dos resíduos demonstrando tecnicamente sua capacidade de gerenciamento de seus resíduos. A Responsabilidade Socioambiental e a Gestão de Resíduos tornaram-se importantes abordagens nas esferas organizacional e social, devido ao aumento da preocupação com o meio ambiente, no que tange principalmente o impacto dos processos produtivos na natureza e a redução da utilização dos recursos naturais.

Trump anuncia saída dos EUA do Acordo de Paris

O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, anunciou na semana passada a saída de seu país do Acordo de Paris sobre mudanças climáticas, mas prometeu negociar um retorno ou um novo acordo climático em termos que considere mais justos para os americanos. Ele disse que o atual documento traz desvantagens para os EUA para beneficiar outros países, e prometeu interromper a implementação de tudo que for legalmente possível imediatamente. “Para cumprir o meu dever solene de proteger os Estados Unidos e os seus cidadãos, os Estados Unidos vão se retirar do acordo climático de Paris, mas iniciam as negociações para voltar a entrar no acordo de Paris ou em uma transação inteiramente nova em termos justos para os Estados Unidos, suas empresas, seus trabalhadores, suas pessoas, seus contribuintes”, disse Trump.

COMENTÁRIOS ()