Quarta-Feira, 20 de Setembro de 2017 |

Colunista


Cantinho Ecológico


Marco Aurélio


verdade@cpovo.net


Educação para o desenvolvimento sustentável

* O Ministério do Meio Ambiente participou, nesta terça-feira (15/08), de evento sobre Educação para Desenvolvimento Sustentável (EDS) realizado pela Unesco no Brasil. O compromisso global número 4 dos Objetivos do Desenvolvimento Sustentável (ODS) é assegurar a educação inclusiva e equitativa de qualidade promovendo oportunidade de aprendizagem ao longo da vida para todos. “Nesse contexto, a educação ambiental surge como um processo necessário e o ponto de partida para o cumprimento das metas apresentadas pelos ODS”, explicou a diretora de Educação Ambiental do Ministério do Meio Ambiente, Renata Maranhão, que representou o MMA no debate. A partir desse entendimento, a Unesco, em parceria com o MMA e o Ministério de Educação, desenvolveu oito vídeos educativos para serem trabalhados nas escolas com crianças de sete a 11 anos. Esses vídeos fazem parte de um kit de materiais que estão sendo produzidos para apoiarem as ações desenvolvidas pela sociedade, empresas e governos estaduais e municipais. Segundo Renata Maranhão, é preciso levar para os espaços educadores uma educação cidadã que reflita sobre questões que foram normalizadas pela nossa sociedade. “Não tem como admitimos cerca de 1 bilhão de pessoas vivendo na linha da pobreza; quase 10% da população mundial sem acesso à água potável; milhões de deficientes em decorrência do uso de agrotóxicos e não pensarmos em alternativas para as pessoas impactadas pela mudança do clima”, enfatizou.

* Durante o evento, foi apresentada a publicação Educação para os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável: objetivos de aprendizagem e da série de vídeos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável para Crianças. O objetivo é oferecer um guia para profissionais do ensino sobre o uso da Educação para o Desenvolvimento Sustentável na aprendizagem sobre os ODS e, consequentemente, contribuir para a sua realização. Também foi lançada a versão em português do Curso Online Introdutório sobre Mudança Climática, fruto de parceria entre governo brasileiro, Unesco no Brasil e o projeto que envolve mais de 35 agências das Nações Unidas e oferece cursos online sobre mudança climática em todo o mundo, chamado UNCC: Learn. O curso é gratuito e oferece informações claras, concisas e atualizadas para quem quer conhecer melhor o assunto. Mais de 10 mil pessoas, de vários continentes, já fizeram o curso, que está disponível em cinco línguas. (Fonte: MMA)

Fenômeno que “secou” litoral sul do país provocou grandes ondas e destruição no Espírito Santo

Se no Litoral Sul do país, é o recuo do mar que preocupa a população, por conta de um anticiclone somado a outros fatores como a fase da lua e a movimentação superficial da água, no Espírito Santo é o avanço do mar que chama a atenção. PhD em Oceanografia Física e professor da Universidade Federal do Espírito Santo (Ufes), Renato Ghisolfi explica que os fenômenos ocorrem graças a interações entre o oceano e a atmosfera, tendo o vento como principal causador. “Nos últimos dias, um anticiclone se formou na costa da Argentina. É uma pressão muito grande, até anormal. Como foi muito grande, muito extenso, registrou ventos muito fortes que empurraram a água para dentro do oceano. Ainda segundo Ghisolfi, o anticiclone e o ciclone, que influenciou a agitação na costa capixaba, estão associados. (Fonte: G1)

COMENTÁRIOS ()