Terça-Feira, 25 de Julho de 2017 |

Colunista


Cantinho Ecológico


Marco Aurélio


verdade@cpovo.net

(Foto: )


Alvorada amanheceu mais triste nesta quarta feira


* Faleceu na última segunda feira o meu grande amigo Ney Rodrigues de Oliveira, funcionário da Prefeitura de Alvorada há mais de vinte anos e que trabalhava na Secretaria de Planejamento e Habitação como fiscal. “Neysinho”, como era chamado pelos amigos, dedicou sua vida inteira de forma incansável ao nosso município. Na noite de segunda feira, foi acometido por um forte enfisema pulmonar seguido de insuficiência respiratória, o que o levou a óbito.

* É impossível esquecer a forma como o amigo Neysinho me acolheu no ano de 2001 quando comecei a trabalhar como biólogo na Secretaria de Planejamento e Habitação. Aprendi muitas coisas com ele sobre o nosso município e sempre esteve presente e participativo nos momentos mais importantes de minha vida profissional como técnico da Prefeitura.

* Além de prestar minha homenagem ao querido amigo que partiu e que deixou uma enorme dor de saudade em nosso peito, quero crer que o município de alguma forma irá prestar uma homenagem especial a quem tanto fez pelo desenvolvimento da cidade.

* Descanse em paz meu querido amigo. Saiba que de uma forma ou de outra serás eterno e com isso estará sempre conosco em nossa memória, em nossas batalhas e em nossos corações. A saudade vai doer, mas ao pensarmos em tua incansável luta profissional, resistiremos com a mesma garra que sempre tivestes. Tua luta sempre foi pelo bem, o que nos conforta e nos faz acreditar que descansará em paz.

Enfisema pulmonar

* Enfisema é uma doença pulmonar obstrutiva crônica caracterizada pela dilatação excessiva dos alvéolos pulmonares, o que causa a perda de capacidade respiratória e uma oxigenação insuficiente. Ela geralmente é causada pela exposição a produtos químicos tóxicos ou exposição prolongada ao fumo de tabaco. Caracteriza-se pela hipertrofia e hiperplasia das paredes das mucosas. A DPOC pode ser descrita como uma doença “guarda-chuva", uma vez que contempla a bronquite crônica e o enfisema pulmonar. Os alvéolos (sacos aéreas) do pulmão estão danificados e sobrecarregados, o que resulta em aprisionamento do ar nos pulmões, limitando o espaço para a troca de ar. A inflamação que ocorre nos pulmões acontece também em outras partes do organismo como por exemplo o coração, e por isso atualmente a DPOC também é considerada uma doença sistêmica. O enfisema é caracterizado pela perda da elasticidade do tecido pulmonar, destruição das estruturas e dos capilares que, respectivamente, suportam e nutrem os alvéolos. O resultado é que as pequenas vias aéreas colaboram durante a exalação do ar, levando a uma forma obstrutiva de doença pulmonar: o ar entra nos pulmões e não sai. Os sintomas incluem a falta de ar, hipoventilação, e peito expandido. Assim que o enfisema avança, podem-se observar deformidades nas unhas, decorrentes da hipóxia, baixa concentração de oxigênio.

COMENTÁRIOS ()