Sábado, 23 de Setembro de 2017 |

Colunista


Cantinho Ecológico


Marco Aurélio


verdade@cpovo.net

(Foto: )


O Ano Mais Quente Desde 1850

O final do ano de 2014 se aproxima e caminha para ser um dos mais quentes já registrados, senão o mais quente. Caso as temperaturas permaneçam acima da média até o fim de dezembro, segundo a Organização Meteorológica Mundial (OMM), a temperatura média da superfície da Terra e dos oceanos será de 14,57 graus centígrados, 0,57ºC acima da média entre 1961 e 1990, período usado como referência pela OMM. O fato é que já é possível afirmar que dos 15 anos mais quentes da história, 14 foram no século 21. Segundo Michel Jarraud, secretário-executivo da OMM, “As emissões recordes de gases-estufa associadas às concentrações de gases na atmosfera estão levando o planeta para um futuro incerto e inóspito”.

Impactos no Brasil

Traçando uma analogia entre esta perspectiva e a realidade vivenciada este ano no Brasil, o documento da OMM cita a seca na região Sudeste do Brasil como uma das anomalias que ocorreram em consequência da temperatura global maior. Segundo a meteorologia, a seca que atingiu o Sudeste brasileiro neste ano foi a pior em 80 anos. Somente no estado de São Paulo, a estiagem deverá causar a maior perda em 50 anos na agricultura.

Tempestades e emissões

Outra curiosidade interessante segundo o levantamento deve-se ao fato de que até 13 de novembro ocorreram 72 tempestades tropicais no mundo, um total inferior à média de 89 tempestades anuais ocorridas entre 1981 e 2010. Com relação às emissões de CO2, principal gás de efeito estufa, a organização estima que os níveis atmosféricos estejam em 396 partes por milhão, o que pode causar desarranjos ainda maiores no clima. Sobre o degelo no Ártico, este ano, a extensão anual de gelo no Oceano Ártico foi a sexta menor já medida, totalizando 5,02 milhões de km², em 17 de setembro. O derretimento das geleiras teve seu ritmo triplicado durante a última década em uma região da Antártida, segundo um estudo realizado ao longo dos últimos 21 anos. (Fonte: G1)

COMENTÁRIOS ()