Sbado, 08 de Agosto de 2020 |

Colunista


Conversando sobre o cotidiano


Paulo Franquilin


franquilin.pc@gmail.com


Adeus Paixão Côrtes

O Movimento Tradicionalista Gaúcho não existiria se Paixão Côrtes, Barbosa Lessa e Glauco Saraiva, quando estudantes do Colégio Júlio de Castilhos não resolvessem criar o Departamento de Tradições Gaúchas, que foi a base para cultivar as atividades culturais do gaúcho.

Nas comemorações da Revolução Farroupilha, em 1947, pegaram uma centelha da Fogo Simbólico da Pátria, na Redenção e levaram para o Julinho, originando a Chama Crioula. No ano seguinte, este grupo fundaram o primeiro Centro de Tradições Gaúchas, o 35,com a finalidade de resgatar as raízes culturais do Rio Grande do Sul.

As danças, músicas e a culinária gaúcha foram resgatadas, num resgate dos primórdios da cultura de nosso rincão, tudo sendo pesquisado e catalogado por Paixão Côrtes, originando os regramentos do Movimento Tradicionalista.

A Semana Farroupilha teve origem nos primeiros desfiles a cavalo realizados pelos jovens usando bota e bombacha fora das atividades campeiras, mas de forma de demonstrar a admiração pela vida na campanha.

Paixão Côrtes foi um excelente divulgador destas ideias, com passagens pela Europa e outros continentes, levando a cultura gaúcha para além das fronteiras do Rio Grande do Sul, disseminando os Centros de Tradições Gaúchas por todo o mundo.

Atualmente existem milhares de CTGs espalhados pelo mundo, tendo como referencial toda a pesquisa de Paixão Côrtes, que dedicou sua vida a procurar nos rincões de nosso pampa, junto ao povo cada detalhe de danças e músicas folclóricas.

A estátua do Laçador, símbolo de Porto Alegre, teve como modelo Paixão Côrtes, falecido em 28 de agosto de 2018, eternizado em bronze na entrada da Capital, servindo de referência para aqueles que cultivam a tradição.

Paixão Côrtes já deve estar proseando com São Pedro, perguntando sobre as danças dos anjos e juntando gente para fundar um Centro de Tradições Gaúchas no céu, com muitos moradores vestindo bombacha e vestidos de prenda.

Descanse em paz Paixão Côrtes!

COMENTÁRIOS ()