Sbado, 08 de Agosto de 2020 |

Colunista


Conversando sobre o cotidiano


Paulo Franquilin


franquilin.pc@gmail.com


Elvis não morreu!

O rock and roll surgiu nos Estados Unidos nos anos 1950, como uma fusão de diversos ritmos musicais, entre eles: o blues, o gospel e o country, unindo pela primeira vez as influências culturais negra e branca.

Muitos cantores negros gravaram músicas com o novo ritmo, mas sem atingir a população branca americana, pois havia muita segregação racial nas comunidades, com espaços divididos nas escolas, espaços públicos e áreas comerciais.

No dia 05 de julho de 1954, Elvis Presley gravou a música That´s All Right, de Arthur Crudup. A música foi lançada em 19 de julho e foi um sucesso imediato nas rádios de Memphis, mas os ouvintes imaginaram ser um cantor negro.

A revelação de que Elvis era branco abriu espaço para o novo ritmo, com inúmeros artistas gravando o rock and roll, numa onda que invadiu os Estados Unidos e espalhou-se pelo mundo, unindo os jovens americanos na nova música e dança.

Elvis seguiu gravando e em poucos anos tornou-se o Rei do Rock, com seu estilo próprio de cantar e dançar, acabou influenciando diversos novos cantores e bandas, que reproduziam seu modo de se apresentar nos palcos. A formação clássica com duas guitarras, um baixo e uma bateria foi adotada pelas novas bandas de rock.

O Rei do Rock participou de 33 filmes, gravou 750 músicas e fez centenas de shows que lotaram estádios, ginásios e casas noturnas dos Estados Unidos, construindo uma carreira sólida.

No dia 16 de agosto de 1977, há 42 anos atrás, Elvis Presley foi encontrado inconsciente dentro de Graceland, sua mansão na cidade de Memphis, sendo conduzido ao hospital, vindo a falecer no mesmo dia, deixando milhões de fãs ao redor do mundo.

Chegou ao fim uma trajetória de 23 anos de muito sucesso, surgindo inúmeras versões de que a morte de Elvis Presley foi forjada e de que ele está vivo, circulando pelo mundo e aproveitando o anonimato, sendo um senhor de 84 anos que ainda requebra cantando seus grandes sucessos.

COMENTÁRIOS ()