Tera-Feira, 06 de Dezembro de 2022 |

Colunista


Conversando sobre o cotidiano


Paulo Franquilin


franquilin.pc@gmail.com


Tecnologia 5G

O anúncio da implantação da tecnologia 5G na telefonia brasileira nesta quarta-feira, dia 06 de julho de 2022, vem mostrar que nós, os consumidores, estamos sendo enganados há muito tempo, porque sem contar com antenas no Brasil, todas as operadoras venderam milhões de aparelhos celulares com o serviço de 5G ao longo dos últimos anos.

O valor cobrado para acessar uma tecnologia inexistente não será ressarcido, fora as inúmeras publicidades alardeando o acesso ao 5G, quando na realidade havia apenas o acesso à tecnologia 4G no país, assim temos celulares que somente a partir de agora terão utilidade prática.

Fomos enganados pelas empresas de telefonia, que agiram sem nenhum controle por parte dos órgãos de fiscalização, as quais se omitiram mais uma vez, pois fiscalização parece não ser a prioridade, deixando os prestadores de serviços livres para fazerem o que bem lhes convier com os consumidores.

Brasília é a primeira cidade do Brasil a contar com a tecnologia 5G, com 100 antenas em funcionamento, mas que atenderão apenas 40% da população dos brasilienses, sendo que somente em dois meses, com mais de 64 antenas, o acesso será pleno no Distrito Federal.

Belo Horizonte, Porto Alegre e São Paulo serão as próximas capitais a receber o sinal 5G, com um atraso de 60 dias, pois deveriam ser cobertas até o dia 31 de julho, assim mais uma vez, no Brasil, os prazos estipulados em contratos não serão cumpridos, além de não termos garantia de que o sistema funcionará com eficiência, pois talvez nossos aparelhos estejam defasados.

Parabéns a todos nós que temos nossos telefones com tecnologia 5G, com preço elevado e sem acesso, por tanto tempo, ao serviço vendido e oferecido pelas operadoras de telefonia que nos impõe a compra de serviços que não tem condições de fornecer.

COMENTÁRIOS ()