Quinta-Feira, 23 de Maro de 2023 |

Colunista


Conversando sobre o cotidiano


Paulo Franquilin


franquilin.pc@gmail.com


Erasmo Carlos: O Tremendão

Erasmo Carlos, pioneiro do rock brasileiro, faleceu no dia 22 de novembro de 2022, aos 81 anos, encerrando uma carreira com mais de 60 anos, tendo como principal parceiro musical Roberto Calos, resultando em mais de 600 composições da dupla.

Erasmo nasceu no Rio de Janeiro no dia 5 de junho de 1941, no bairro Tijuca, também morava Tim Maia, em 1957, juntamente com Roberto Carlos, montaram a banda The Sputniks.

A banda The Sputniks apresentou-se no programa Clube do Rock, de Carlos Imperial, porém Roberto Carlos procurou o apresentador e ajustou uma apresentação solo, revoltando Tim Maia, assim eles brigaram e a banda acabou.

Roberto Carlos e Tim Maia seguiram carreiras solo, enquanto Erasmo Carlos montou banda The Snakes, tendo lançado o disco Só Twist, em 1958. Seu nome verdadeiro era Erasmo Esteves, mas adotou Carlos para homenagear Roberto Carlos e Carlos Imperial.

No ano de 1965 é criado o programa Jovem Guarda, tendo o Rei Roberto Carlos, o Tremendão Erasmo Carlos e a Ternurinha Wanderlea como apresentadores, convidando outros cantores e bandas para embalar as tardes de domingo, surgindo assim o movimento da Jovem Guarda, infuenciada pela Beatlemania.

Erasmo Carlos lança as músicas Minha Fama de Mau, Gatinha Manhosa e Festa de Arrromba, vindo a participar da trilha sonora do filme Roberto Carlos em Ritmo de Aventura, de 1968.

Atuou no filme Roberto Carlos e o Diamante Cor de Rosa, em 1970 e, no ano seguinte, do filme Roberto Carlos a 300 Quilometros por Hora, com um excelente sucesso junto ao público.

Com o fim do programa, a Jovem Guarda se extinguiu e Erasmo Carlos mudou para o estilo romântico, atingindo algum sucesso com as músicas Mulher, Sentado à beira do caminho e Pega na mentira.

No dia 17 de novembro de 2022 ganhou o Grammy Latino pelo álbum O futuro pertence à... Jovem Guarda, seu último disco lançado. Assim consolidando uma bela carreira no rock brasileiro.

Descanse em paz Tremendão...

COMENTÁRIOS ()