Tera-Feira, 04 de Agosto de 2020 |

Colunista


Direito e Cidadania


Greice Kelly Rodrigues Carlos



Os desafios da jovem advocacia

Recentemente comemorei quatro anos de formada em Direito e no mês de outubro comemorarei quatro anos como Advogada. Formei-me já aprovada nos quadros da Ordem dos Advogados do Brasil mas sabemos que para a grande maioria dos formandos a realidade não é essa. Portanto, sou uma jovem Advogada, com inscrição num dos Municípios mais violentos do Estado, mas que nem por isso deixa de ser acolhedor e com boas oportunidades de trabalho. Presido a Comissão do (a) Jovem Advogado (a) da Subseção de Alvorada, sendo assim represento colegas, que como eu, enfrentam diversos desafios diariamente.

Desafios que se iniciam desde o momento que recebemos a credencial até nossa morte, pois como, nosso Presidente da Subseção diz: “Advogado não se aposenta, Advogado morre”. Brincadeiras a parte, como mencionei, os desafios são vários, para quem pensa que são apenas “confetes e purpurinas”, contudo ainda serão os desafios que nos tornarão profissionais melhores. Os desafios vividos são os mais variados, desde a forma da cobrança de honorários advocatícios justos em uma ação judicial ou da ausência injustificada do cliente após ter agendado atendimento, quando o cliente não cumpre com os honorários firmados ou ainda, quando possuímos uma dúvida e recorremos a outro colega a fim de buscar por outros entendimentos.

As Instituições de ensino por vezes não nos ensinam a sermos Advogados (as), traçamos por conta própria os nossos caminhos. Por este motivo é tão importante a OAB, uma vez que por meio de suas comissões o jovem Advogado (a) poderá iniciar sua participação e com isso além de fazer networking, também fará novos amigos (as). É extremamente importante que o (a) jovem Advogado (a) não se sinta sozinho (a), desamparado (a) de sua Instituição de classe ou que sofra sozinho (a) as agruras do dia a dia.

Eu, como Presidente da Comissão do (a) Jovem Advogado (a) desta Subseção digo, a cada entrega de credenciais e sempre que tenho oportunidade repito aos colegas que já receberam as suas, que a OAB Alvorada esta sempre de portas abertas para nos receber a fim de que possamos dialogar, sugerir ideias, solucionar duvidas ou para um simples chimarrão. Como em todos os setores das nossas vidas passaremos por dificuldades ou felicidades cabe a nós sabermos como reagir as situações e observar que por vezes colegas do nosso convívio já passaram pelas mesmas situações e conseguiram resolver, por tal motivo é de suma importância que mantenhamos o bom diálogo e a cordialidade. Somos por vezes adversários nos processos, em audiências, mas no que diz respeito ao coleguismo devemos exercê-lo acima de qualquer situação.

Por isso venho abertamente agradecer a todos (as) os (as) colegas que fazem da nossa Subseção um lugar acolhedor, de bons encontros, lugar onde fiz amigos e amigas. Fica aqui mais uma vez a lembrança para que todos (as) jovens Advogados (as) de Alvorada saibam que possuem um local no seu Município onde são bem-vindos, que podem contar e inclusive desfrutar da estrutura. Assim como na Seccional que nos oferece muitos benefícios, basta acessar o site da OAB/RS. Grata pela oportunidade.

COMENTÁRIOS ()