Sbado, 08 de Agosto de 2020 |

Colunista


Direito e Cidadania


Simone Rapone



SER MULHER

O dia 08 de março é considerado o dia Internacional da Mulher.

Na história mundial, houve diversos episódios onde mulheres lutaram por direitos de igualdade e justiça, e muitas obtiveram êxitos, e hoje, usufruímos desses direitos graças as suas lutas e persistência.

Essa data é um marco, pois retrata os passos importantes que as mulheres já deram ao longo de todas essas lutas. O predomínio do homem ainda é bastante visível, mas nós mulheres já atingimos um grau bem elevado.

A mulher conquistou seu lugar na sociedade, e vem se destacando em todos os setores, vencendo diversos preconceitos e barreiras ao longo dos tempos. Mas mesmo com todas estas conquistas, ainda sofre uma grande perseguição por ser mulher.

Infelizmente de uns tempos para cá, percebe-se um aumento da violência contra mulheres pelo simples fato de serem mulheres. É triste aceitar que uma mulher possa ser morta pelo simples fato de ser mulher.

Tal violência se tornou tão constante que ficou conhecida como CRIME DE FEMINICÍDIO, onde mulheres são agredidas por serem mulheres, é uma agressão contra o gênero mulher.

Este crime alcançou uma proporção tão grave, que em no ano de 2015 foi sancionada a Lei 13.104/2015, que alterou o artigo 121 do código Penal para prever crime de feminicídio como circunstancia qualificadora do crime de homicídio. E também alterou o artigo 1º da Lei 8.072/90 para incluir o feminicídio no rol dos crimes hediondos.

Ainda na defesa das mulheres temos a Lei Maria da Penha, que também trata de proteção a mulher, no intuito de tentar conter as violências domésticas, mas não é o suficiente, pois muitas mulheres acabam morrendo com o Boletim de Ocorrência em mãos.

As mortes de mulheres são superiores no espaço doméstico do que fora dele, o número de violência sexual contra a mulher é bem maior ambiente familiar.

Tentamos educar a sociedade a não aceitar esse tipo de violência, por isso, se você presenciar ou sofre alguma violência, não se cale.

Nenhuma violência é justificável. DENUNCIE! Ligue 180.

A ligação é gratuita e confidencial, esse canal de denúncia funciona 24 horas por dia, todos os dias da semana.

Parabéns mulher pelo seu dia, pela sua graça e dedicação!!

COMENTÁRIOS ()