Sbado, 03 de Dezembro de 2022 |

Colunista


Direito e Cidadania


Valmor Freitas Junior



Alvorada, 57 anos!!!

Quebro o protocolo nesta edição para fugir dos temas sociais e jurídicos, e saudar a nossa cidade pelo aniversário de 57 anos.

No dia último dia 17, comemoramos mais um aniversário da nossa cidade, e especialmente para quem é daqui, esta data tem um sentido especial!!!

Não escondo o meu entusiasmo de ser alvoradense, ainda que reconheça muitas das nossas limitações. Enalteço os valores da nossa população, facilmente identificada pela força do trabalho e da perseverança. E precisamos destacar isso.

Temos testemunhado bons avanços. Um comércio reforçado por investimentos importantes, que reforçam nossa esperança numa economia mais promissora. Contudo, por outro lado, ainda nos falta e muito no que diz respeito ao cuidado com nosso distrito industrial, que merece um olhar mais atento. Falo desde infraestrutura, até uma política fiscal mais atrativa, para que possamos estimular a vinda de novas empresas e investimentos.

Sempre destaco que Alvorada está geograficamente bem localizada, embora o sentimento, por vezes, seja de isolamento. Mesmo próximos, convivemos com o sentimento de estarmos muito distantes da realidade de outras cidades, que estão na nossa volta. E esta é uma realidade histórica, que precisamos mudar. E falo isso porque acredito no potencial de desenvolvimento do nosso município. Mas para isso acontecer precisamos de um planejamento arrojado. Quem não sonha com um acesso com ligação direta entre Alvorada e Cachoeirinha, por exemplo?

Mas diante de tudo isso temos um povo que é diferenciado. Uma comunidade participativa, e um sentimento solidário que se destaca. Somos trabalhadores, e temos isso como essência. São inúmeros os exemplos de pessoas que acreditam na cidade, que empreendem, que contratam, que produzem e geram renda. Temos uma mão de obra diferenciada, que por esta razão é tão demandada pelas cidades vizinhas. E é por isso que temos paradas de ônibus cheias na primeira hora do dia, quando milhares de pessoas saem daqui para trabalhar.

Há muito no que avançar, mas precisamos reconhecer valores importantes que temos aqui. Precisamos ser parte da nossa cidade. O sentimento de pertencimento faz toda a diferença. Temos vencido e quebrado tabus na segurança pública, fortalecido o comércio, a oferta de serviços tem aumentado, dentre tantos outros pontos positivos importantes. Só reclamar não é o caminho. Participar e dar a nossa contribuição faz toda a diferença.

Eu me criei aqui, meu filho com quatro anos está sendo criado aqui. E o trabalho é para o futuro! Que as próximas gerações tenham orgulho de pertencer a nossa cidade. Se tiverem que sair que seja por opção, não por necessidade. Meu desejo para o futuro é de uma cidade próspera, que valorize cada vez mais o trabalho, e que reconheça na força do seu povo o instrumento de transformação tão importante para o nosso desenvolvimento. Eu acredito no nosso município. Vida longa, Alvorada!

COMENTÁRIOS ()