Tera-Feira, 06 de Junho de 2023 |

Colunista


Direito e Cidadania


Andrea Maisner



QUANTO VALE O TRABALHO?

Na minha coluna anterior, em abril, falei sobre o ABRIL VERDE mês dedicado à prevenção dos acidentes no ambiente de labor e as razões de escolha do mês para tais campanhas.

Adentramos o mês de maio que inicia já no seu primeiro dia com data alusiva ao DIA DO TRABALHADO, assim se mostra igualmente importante falar sobre tal data.

O dia do trabalhado é comemorado atualmente em mais de 80 países, inclusive no Brasil em que é feriado nacional.

Bem mais antigo e famoso que o ABRIL VERDE, o DIA DO TRABALHADO surgiu após uma greve de operários nos Estados Unidos iniciada em 1.º de maio de 1886, marcado pela luta na melhoria das condições de trabalho.

Dentre outras reivindicações, a greve dos operários, buscava a redução da jornada de trabalho - que era de 13 horas diárias - passando para o máximo de 8 horas diárias e, em caso de necessidade de permanência do trabalhador, as horas excedentes seriam consideradas extraordinárias com pagamento superveniente, ou seja, aquelas que hoje conhecemos como horas extras.

A greve, organizada pela Federação Americana do Trabalho, contou com a participação de milhares de operários que se reuniram nas ruas da cidade de Chicago e em 04 de maio de 1888 após confronto com a polícia em que uma bomba explodiu e resultando em mortos e inúmeros feridos ficou conhecida como Revolta de Haymarket (Haymarket Affair).

No ano seguinte - 1889, a França instituiu o dia 1º de Maio como sendo dia de homenagem aquelas pessoas que perderam a vida lutando por seus direitos os chamados ‘mártires de maio’.

Mas quanto vale o trabalho? Quanto houve de avanços desde 1888, desde a Revolta de Haymarket?

O valor da hora extra é suficiente para compensar uma jornada de 12 horas diárias longe da família, do lazer, da companhia dos amigos e a importância do trabalho que realizamos diariamente em nossas profissões, independente de qual seja?

No Brasil atual, pós reforma trabalhista, é possível entendermos que houve efetivamente avanços na valoração do trabalho?

O que é VALOR DO TRABALHO? O valor do trabalho não pode estar apenas associado a retribuição financeira auferida, o valor do trabalho é mais amplo.

O valor do trabalho é tudo aquilo que entregamos, tudo que dedicamos ao realizar o trabalho e também tudo aquilo que ainda que indiretamente protegemos para as próximas gerações (nossos filhos e netos), tudo aquilo que honramos (nossos ancestrais, nossos pais e avós e os trabalhadores que morreram em Haymarket, por exemplo), o valor do trabalho está em tudo aquilo que conseguimos proporcionar a nós e a todos os seres humanos.

COMENTÁRIOS ()