Sbado, 03 de Dezembro de 2022 |

Colunista


Direito e Cidadania


Deise Mari Araujo



Dia Internacional da Mulher 2022

O mês de maço está chegando e faltam pouco menos de 15 dias para que se comemore o Dia Internacional da Mulher. O dia 8 de março, mesmo não ser um feriado aqui no Brasil, deve ser lembrado e celebrado pela importância de suas raízes históricas e não apenas como uma data comercial.

Existem diferentes versões sobre a origem dessa data, porém os fatos sempre a relacionam diretamente a luta das mulheres para garantir igualdade e defesa de direitos, sejam este: direitos políticos, direitos trabalhistas, por exemplo.

Historicamente, a origem está relacionada ao ano de 1857 quando um grupo de operárias da indústria têxtil de Nova York manifestaram-se contra as péssimas condições de trabalho – jornadas de trabalho com mais de 12 horas diárias, salários baixos, etc.

Da mesma forma, em 1908, novamente um grupo de operárias de Nova York, ocuparam a fábrica Cotton, declararam greve e protestaram em razão das condições precárias de trabalho. Contudo, em resposta a manifestação - o dono da fábrica e a polícia – trancaram as operárias no prédio e atearam fogo. Morreram queimadas 129 mulheres trabalhadoras.

Assim, em 1910, frente a essa terrível tragédia e para que o fato não fosse esquecido, Clara Zetkin, instituiu, em um Congresso Internacional de Mulheres – na Noruega, o dia 08 de março como Dia Internacional da Mulher – um dia que deve ser lembrado como um dia de luta por direitos.

No Brasil, em 1932, as mulheres conquistaram o direito ao voto; e, em 1945, com a promulgação da Consolidações das Leis Trabalhistas (CLT), foi que o trabalho da mulher passou a ser legalmente regulamentado. Ainda, foi somente em 2006, com a aprovação da Lei nº 11.340, conhecida nacionalmente com a Lei Maria da Penha, que se instituiu mecanismos de proteção a mulher contra a violência doméstica.

Por sua Vez, a Organização das Nações Unidas (ONU), em 1975 declarou a data de 8 de março como o dia oficial para as comemorações do Dia Internacional da Mulher.

Neste ano de 2022, a ONU elegeu como tema do Dia Internacional da Mulher a “Igualdade de gênero hoje para um amanhã sustentável”, reconhecendo o trabalho e a contribuição de mulheres de todo mundo em prol da redução das consequências provenientes das mudanças climáticas para que seja possível existir um futuro mais sustentável.

Cabe destacar que, apesar das mulheres já terem conseguido conquistar vários direitos, a real igualdade de gênero deve ser respeitada e cultivada permanentemente, pois, só assim poderemos viver em uma sociedade democrática e com menos discriminação, mais justa e humanizada.

Por fim, lembre-se de celebrar nesse próximo dia 08 de março com as mulheres da sua família, do seu trabalho, da sua igreja, do seu clube, da comunidade em geral, mas sem nunca esquecer o real significado de luta que essa data possuí.

Comemore e tenha um Feliz o Dia Internacional da Mulher!

COMENTÁRIOS ()