Terça-Feira, 20 de Fevereiro de 2018 |

Colunista


Espantando a Zebra


César Freitas


cesar.gfreitas@yahoo.com.br


Grêmio I

Ontem foi apresentado oficialmente o time principal para a temporada de 2018 no Centro de Treinamento Luiz Carvalho. O capitão Renato terá a ausência de Edílson, Fernandinho, Barrios, Rafael Thyere, Cristian e Bruno Rodrigo, que se destacaram como campeões da América. Por outro lado, o lateral-direito Madson, o atacante Alisson e o meia Thonny Andersosn farão parte da equipe no Gauchão. Os mesmos já treinam e estão à disposição para o que der e vier.

Grêmio II

Estreiando no Gauchão, a equipe gremista foi a cidade de Ijuí enfrentar a equipe do São Luiz no seu Estádio 19 de Outubro. Em campo encharcado devido as chuvas, saiu na frente no placar com gol do meia Matheus Henrique. Porém no final da partida, em forte ataque da equipe da casa, sofreu um gol, finalizando o jogo em 1 a 1. O técnico César Bueno, interino, não gostou muito do resultado e classificou o jogo como batismo de fogo.

Internacional

Na noite de ontem, foi a estreia da equipe no Gauchão. O jogo foi em seu território contra a equipe do Veranópolis Esporte Clube. O técnico colorado Odair Hellmann está preparado com a equipe e dá retorno nesta temporada à elite nacional. Entrará em campo com a provável formação tendo Danilo Fernandes; Dudu, Klaus, Victor Cuesta e Uendel; Rodrigo Dourado, Edenílson, William Pottker, D’Alessandro e Camilo; Leandro Damião.

Internacional II

Após um ano de batalhas e retorno à elite do futebol nacional, está em busca, para começar, do valorizado Gauchão. No ano passado, perdeu o título para o Novo Hamburgo e isto é passado. O olhar da direção, comissão técnica e jogadores é o foco em busca de títulos.

Novo Hamburgo

Após o título máximo do futebol gaúcho conquistado no ano passado, a equipe do Nóia entra em campo para defender novamente o título. Com equipe repaginada, porém mantendo 11 jogadores do título e reforços, colocou na sua história a quebra da hegemonia da dupla Grenal dos últimos 16 anos. Certamente contará uma bela história neste ano que recém está iniciando.

S.E. São Borja – 41 anos

A Sociedade Esportiva São Borja da cidade do mesmo nome, que foi criada no dia quatorze de janeiro de 1977 e está completando 41 anos de fundação nesta quinzena. A origem do clube foi a fusão do Internacional e Cruzeiro, dois tradicionais clubes são-borjenses. Infelizmente ela teve uma vida efêmera, pois logo teve de licenciar-se devido a problemas econômicos. A longa distância de São Borja aos outros centros esportivos foi um dos principais problemas enfrentados e não superados.

Veranópolis E. C.R C – 26 anos

O Veranópolis Esporte Clube Recreativo e Cultural da “Capital da Longevidade” também aniversaria nesta quinzena, pois foi fundado no dia dezesseis de janeiro de 1992, após a fusão do Veranense e do Dalban, dois clubes amadores tradicionais na cidade. Eu creio que o Veranópolis é a única fusão que deu certo em nosso futebol, pois a partir dela o clube cresceu passando a fazer parte do Grupo de Elite de nosso futebol, com grandes atuações.

S.C.Ulbra – 20 anos

O Sport clube ULBRA de Canoas, ligado a Universidade Luterana do Brasil é outro clube gaúcho que está completando mais um ano de vida esportiva nesta quinzena. Foi fundado no dia 26 de janeiro de 1998 e entre outros títulos, foi vice-campeão gaúcho em 2.004. Com a crise que abateu a instituição, está fora dos gramados, porém deixou um belo legado no esporte.

COMENTÁRIOS ()