Sexta-Feira, 14 de Agosto de 2020 |

Colunista


Espantando a Zebra


César Freitas


cesar.gfreitas@yahoo.com.br


Brasileirão I

O Brasileirão em sua edição de 2018 findou no último fim de semana sem surpresas. O Palmeiras foi o grande campeão com uma grande sucessão de jogos invictos, o que lhe garantiu uma grande vantagem em relação ao Flamengo que foi o vice-campeão. A dupla Grenal ocupou as duas posições seguintes. Estes clubes vão para a fase de grupos da Libertadores. São Paulo e Atlético Mineiro ficaram a seguir e vão disputar a fase classificatória dessa competição.

Brasileirão II

Sport, América Mineiro, Vitória e Paraná foram os clubes rebaixados. O América e o Paraná subiram no ano passado e agora voltaram para a Segundona. A queda do Sport evidencia a queda de qualidade do futebol pernambucano, outrora muito pujante. Os seus clubes mais qualificados, o Sport, o Náutico e o Santa Cruz agora estão fora do grupo de elite do futebol brasileiro. Lamentável.....

Inter

A campanha do Inter, sob o comando de Odair Hellmann foi ótima, muito acima da cogitação do mais otimista torcedor colorado. Para um time que foi vice-campeão da Segundona no ano passado, agora disputar a Libertadores já na fase de grupos é surpreendente. Isso que o Inter perdeu pontos para clubes teoricamente fracos após ter obtido bons resultados contra os mais qualificados. Agora para ter sucesso na Libertadores vai ter que qualificar bastante o seu elenco. Neste sábado teremos eleições presidenciais no pátio do Beira Rio. Marcelo Medeiros é o grande favorito.

Grêmio

Envolvido em três competições simultâneas o Grêmio apareceu com favorito em todas, mas por não ter um elenco homogêneo fracassou. Com os numerosos jogos vários atletas importantes sofreram lesões o que prejudicou muito a campanha gremista. A manutenção de Renato Portaluppi e a renovação de contrato da zaga titular garante qualidade para equipe tricolor para a próxima temporada. A direção promete qualificadas contratações.

Seleção do Campeonato

A minha seleção do atual Brasileirão é a seguinte: Marcelo Lomba; Victor Ferraz, Dedé, Kannemann e Renê; Rodrigo Dourado, Gustavo Henrique e Lucas Paquetá; Dudu, Gabigol e Éverton. O craque foi Dudu, que está pedindo uma convocação para a nossa seleção.

Técnicos Gaúchos

O ano de 2018 foi o ano da consagração dos técnicos gaúchos no cenário nacional. Odair Hellmann e Renato Portaluppi além de realizarem grandes campanhas no comando de suas equipes, foram os únicos, juntamente com Mano Menezes, outro gaúcho, que permaneceram nos seus clubes em toda a temporada. Luiz Felipe Scolari, no Palmeiras foi o campeão Brasileiro, Tiago Nunes que recuperou o Atlético Paranaense e Lisca que salvou o Ceará do rebaixamento foram outros gaúchos que brilharam intensamente neste ano. Além deles temos Tite no comando de nossa seleção para nos orgulhar.

Tarciso

Faleceu no último dia cinco Tarciso, um dos melhores atacantes gremistas em todos os tempos. Atacante polivalente, esteve presente nas grandes conquistas tricolores nas décadas de oitenta e noventa. Fora dos gramados Tarciso foi um cavalheiro, muito atencioso com os seus numerosos admiradores. Na política foi um vereador muito preocupado como esporte e com os jovens. Nas últimas eleições se elegeu deputado estadual. Em novembro último falei rapidamente com ele no Hospital da PUC. Foi uma grande perda para o futebol gaúcho. Condolências para a sua família.

COMENTÁRIOS ()