Sexta-Feira, 27 de Novembro de 2020 |

Colunista


Espantando a Zebra


César Freitas


cesar.gfreitas@yahoo.com.br


Brasileirão

Depois dos jogos do último fim de semana, o Inter permaneceu na liderança apesar do péssimo resultado obtido no jogo como Coritiba. Foi favorecido pela vitória de goleada do Atlético MG ante o Flamengo. Agora o Inter está um ponto na frente do “Galo” e do Flamengo. A seguir vem o São Paulo, Fluminense e Palmeiras. O Grêmio que venceu o Fluminense, está na oitava colocação. No indesejado Z4 estão Botafogo, Vasco da Gama, Athlético PR e Goiás.

Inter

No jogo com o Fluminense, o Inter voltou a jogar mal. No primeiro tempo teve uma grande posse de bola, porém repleto de passes laterais sem nenhuma objetividade, como de costume. A equipe se ressentiu muito da ausência Galhardo. Na fase final com a expulsão de Heitor, que foi muito lamentável, pois foi um lance acidental, o Coritiba cresceu em campo e quase venceu o jogo, pois pressionou muito nos minutos finais. Neste sábado os colorados vão a Vila Belmiro enfrentar o Santos, que realiza uma campanha um tanto irregular. O “ Peixe” está sem o técnico Cuca que está enfermo.

Eduardo Coudet

O argentino não é mais o técnico colorado. Certamente ele vai chegar na Europa afirmando que deixou o Inter na liderança de um certame que é considerado o mais difícil do mundo. Ele estará certo. Porém há muito tempo ele vem sendo contestado por grande parte da imprensa e torcida. Há algum tempo ele entrou em rota de colisão com o gerente de futebol. Parece que alega que não recebeu os reforços solicitados, o que é uma meia verdade pois trouxe entre outros o Salazar e o Musto, que há muito não é do agrado da massa colorada. No seu sistema de jogo a saída de bola da defesa é quase suicida. Perde muito tempo com troca de passes horizontais sem nenhuma profundidade. Coudet leva consigo uma marca que machucou muito a torcida colorada. Disputou seis Grenais e não venceu nenhum. Enfim, em minha opinião não vai deixar saudades...Abel Braga é o seu substituto.

Grêmio

No jogo com o Fluminense, realizado no último domingo no Maracanã, o Grêmio deu mostras que finalmente está decolando. Venceu e convenceu. O escore mínimo não diz o que foi o jogo, pois poderia ter sido mais dilatado. Neste sábado enfrenta o Ceará na Arena, quando é franco favorito. O Grêmio contratou o meia cancha chileno César Pinares que estava na Universidade Católica no Chile.

Copa do Brasil - Grêmio

No jogo com o Cuiabá, o Grêmio começou avassalador. Logo aos 8 minutos Diogo Souza abriu o marcador após escorar de cabeça um cruzamento da direita de Vitor Ferraz. Pouco a pouco o Cuiabá foi equilibrando jogo e aos 18 minutos Willian Santana cabeceia para as redes de Vanderlei depois de um cruzamento da direita. Aos 39 minutos ocorreu lance duvidoso. Em minha opinião a bola saiu pela linha de fundo antes de um cruzamento do Cortez. Desse cruzamento ocorreu uma falta em Pepê. Pênalti claro que Jean Pierre cobrou e converteu. Na fase final o Cuiabá foi melhor, pressionou bastante, porém o que conseguiu foi uma bola na trave. Na segunda fase os tricolores voltaram a atuar lentamente e perderam a meia cancha para os mato-grossenses. O jogo de volta será na próxima quarta-feira na Arena Tricolor.

Dança dos Técnicos

Além de Coudet que deixou o Inter por sua livre e espontânea vontade, o espanhol Domenec Torrent foi demitido no Flamengo. Não resistiu as duas goleadas sofridas pelo Mengo para o São Paulo e Atlético Mineiro. Rogério Ceni é o seu substituto. Parabenizo as direções do Inter e do Flamengo por contratarem técnicos brasileiros. Do jeito que a coisa ia perigava termos no comando da Seleção Brasileira um técnico estrangeiro em breve.

COMENTÁRIOS ()