Quinta-Feira, 30 de Março de 2017 |

Colunista


Espantando a Zebra


César Freitas


cesar.gfreitas@yahoo.com.br


INTER I
A primeira etapa do jogo entre o Inter e o Palmeiras foi muito parelha. Ambas equipes tiveram duas chances de gols. O Inter perdeu-as devido a inabilidade de Alex e Nilton que chutaram com defeito. Já o Palmeiras deixou de marcar devido a duas grandes defesas de Alisson. Lucas Barrios teve tudo para marcar num chute a queima roupa e numa cobrança de penalte cometido pelo Ernando no Dudu. Na etapa complementar continuou o mesmo panorama. No inicio Valdivia perdeu grande chance. Logo aos oito minutos Alex num belo chute de longa distância abriu a contagem para o Inter. Com a entrada de Rafael Marques no lugar de Lucas Barrios, os paulistas começaram a alçar bolas para a área colorada. Num lance desses Rafael Marques pulou mais alto do que a zaga colorada e cabeceou sem chances de defesa para Alisson. Em minha opinião o resultado final foi justo pelo que jogaram as duas equipes. Alisson, pelas suas importantes defesas que salvaram o Inter foi o grande nome do Inter.

INTER II
Por ter jogado em casa, o resultado não foi bom para o Inter. Marcou apenas um gol e levou outro, o que foi ruim. Assim, se no jogo de volta acontecer um empate sem gols, o Palmeiras se classifica. O jogo de volta será na próxima quarta feira. Neste domingo de manhã o Inter vai a Vila Belmiro enfrentar o Santos. A torcida colorada espera que nesse jogo Argel possa a sua disposição vários dos atletas que estão lesionados.

GRÊMIO
Na primeira etapa o Grêmio foi bem melhor, mas não traduziu esse predomínio em gols.Com uma marcação muito rígida e bom domínio da meia cancha o Grêmio deu poucas chances ao tricolor carioca. Marcelo Grohe,mostrou estar SM embocadura, se ressentindo dos jogos em que esteve ausente, saindo mal em duas bolas.

SER SANTO ANGELO – 26 ANOS
A Sociedade Esportiva e Recreativa Santo Ângelo de cidade do mesmo nome está completando nesta semana vinte e seis anos de vida esportiva, pois foi fundado no dia vinte e seis de setembro de 1989. O clube é resultante da fusão de três clubes tradicionais da cidade, o Elite, o Tamoio e o Grêmio Santo Angelense. Hoje do clube participa da nossa Segundona.

GOLEADA XAVANTE
No dia vinte e cinco de setembro de 1980 foi jogado mais um Brapel. O local foi o estádio da Boca do Lobo. O Xavante venceu pelo dilatado escore de três a zero, gols de João Batista, Kita e Elton. O Brasil venceu com Joceli; João Batista,Aluisio, Clóvis e Luiz Carlos; Paulo Ferro, João Luiz e Elton; Flecha ( Luizinho), Kita e Tadeu Silva (Zezinho). O Pelotas foi derrotado com Haley; Betão, Fernando Xavier, Pulo César e Zé Carlos; Remi, Mano (Carlos) e Alamir; Mauro, Toninho (Paulo Fernando) e Moro. O jogo foi válido pelo Gauchão daquele ano e foi dirigido pelo Luiz Zetermann Torres.

COMENTÁRIOS ()