Quarta-Feira, 20 de Setembro de 2017 |

Colunista


Falando de Segurança


Paulo Franquilin


franquilin.pc@gmail.com


Clima enlouqueceu!

Nos últimos dias estamos passando por variações de temperatura enormes, com dias de calor intenso e, em seguida, vem frio e chuva, numa troca de vestuário que parece enlouquecer as plantas, algumas desabrochando e outras dando frutos fora de época.

Não é só em nosso rincão que o clima está descontrolado, inúmeros acidentes climáticos estão acontecendo pelo mundo, com inundações, tempestades, incêndios, altas temperaturas e acúmulo de neve em outros pontos do planeta.

Somos as vítimas de nosso descaso com a natureza, destruindo florestas, poluindo o ar e lançando veneno nos rios, num ciclo de devastação e enormes prejuízos ao ecossistema, com destruição de muitas reservas naturais, descongelamento das calotas polares e cidades poluídas.

Surgem acordos internacionais para reduzir o calor no planeta, porém os maiores poluidores são signatários dos tratados, sem, no entanto, tomarem providências para diminuir a destruição da nossa natureza, ou seja, discursos para proteger a natureza e ações que a devastam.

Vivemos semanas em que as temperaturas variam dezenas de graus no mesmo dia, ou temos chuvas e raios num dia e no seguinte um calor que nos sufoca, parecendo que temos um clima enlouquecido.

Há muitos anos não temos mais as estações plenamente definidas, podemos ter calor em pleno inverno, enquanto poderemos ter dias com temperaturas baixas durante o verão, numa rotina de pequenos picos de frio intenso e cada vez com mais períodos de calor sufocante.

Para mudarmos toda esta realidade climática precisamos iniciar por pequenos gestos diários, evitando realizar ações que destruam o meio ambiente, como os cortes de árvores e assoreamento dos rios, por exemplo, além de ações dos governos para coibir danos ao meio ambiente.

Se não mudarmos nossas atitudes relativas ao clima e se governos não se preocuparem com esta temática, teremos, futuramente, dias cada vez mais malucos no seu clima.

COMENTÁRIOS ()