Quarta-Feira, 24 de Maio de 2017 |

Colunista


Falando de Segurança


Paulo Franquilin


franquilin.pc@gmail.com


Porto Alegre sofreu com o treinamento da seleção brasileira no complexo do Estádio Beira-Rio, pois trancaram o trânsito, durante a tarde da última sexta-feira, para dar segurança a todos integrantes da seleção.
Não imagino qual problema poderiam enfrentar se o trânsito continuasse fluindo na Avenida Edevaldo Pereira Paiva, enquanto os jogadores treinavam no campo suplementar do Estádio. Mas o que aconteceu: simplesmente bloquearam a via do início da tarde até o final, resultando em engarrafamentos em todas as vias que seguiam para a Zona Sul, trancando o fluxo de veículos que saía do Centro de Porto Alegre.
Neste dia penamos os usuários dos ônibus, mais de uma hora para sair do Centro, depois cada um levou outro tanto para chegar até seu destino, mas sair em direção à Zona Sul tornou-se teste para paciência de todos.
Ficamos felizes em saber que isto ocorrerá durante a Copa, pois será isolado todo o entorno do Estádio Beira-Rio, com o trânsito não circulando próximo ao local dos jogos, ou seja, quem for para a Zona Sul na Copa vai ter que achar alternativas, que por enquanto, não existem.
As autoridades tem um ano para concluir todo o sistema de mobilidade, concluir corredores de ônibus, construir viadutos, melhorar a sinalização, enfim, melhorar toda a nossa cidade para receber os jogos da Copa.
Pelo menos, no domingo o Brasil ganhou da França, mas o trânsito na saída e entrada do jogo, na Arena do Grêmio, foi um grande problema no final de semana, quando o fluxo de veículos não é tão intenso. Agora não adianta reclamar a Copa está chegando e só resta esperar que tudo dê certo.

COMENTÁRIOS ()