Domingo, 19 de Novembro de 2017 |

Colunista


Falando de Segurança


Paulo Franquilin


franquilin.pc@gmail.com


Andar pelas ruas e calçadas de nossas cidades exige muita habilidade dos pedestres e motoristas, os primeiros enfrentam uma verdadeira prova de obstáculos nas calçadas, pois estas, geralmente, não tem o calçamento adequado ou não tem conservação, tanto de parte do poder público como dos moradores.
Já os condutores dos veículos são surpreendidos com muitos buracos que aparecem a todo o momento pela má qualidade dos materiais utilizados na pavimentação das ruas, sem esquecer de que os reparos executados, em sua maioria, corrigem os problemas temporariamente, os quais voltam em pouco tempo, numa rotina de operações tapa-buracos ineficientes.
As obras realizadas para melhorar a mobilidade urbana também causam enormes transtornos a todos envolvidos, sem solucionar o trânsito de nossas cidades, com atrasos na execução e conclusão, num repetição de justificativas que não convencem os cidadãos.
Nossas cidades estão mal sinalizadas, com falta de placas de orientações aos motoristas e pedestres, identificações nas ruas e paradas de ônibus são raridade, ou seja, sinalização também é outro problema enfrentado pelos usuários do trânsito urbano.
Assim seguimos transitando por cidades esburacadas, apesar das constantes trocas a cada quatro anos, com diversos partidos revezando-se no poder, mas sem solucionar os problemas nas ruas e calçadas, apenas fazem pequenos reparos insatisfatórios.
A solução para os problemas do nosso trânsito urbano passariam por planejamento a longo prazo, sendo um dos pilares de uma política voltada ao bem de todos e não para o bem de quem está no poder, mas isto só seria possível se houvessem acordos entre todos os envolvidos nas disputas eleitorais.
Infelizmente tal acordo está longe de ser realizado, então resta-nos observar a realidade que nos cerca e quando chegar o momento oportuno substituir aqueles que não conseguem solucionar nossos problemas..

COMENTÁRIOS ()