Sexta-Feira, 22 de Setembro de 2017 |

Colunista


Falando de Segurança


Paulo Franquilin


franquilin.pc@gmail.com


Estamos vivendo dias difíceis nas cidades, está faltando água devido à elevação do nível dos rios que abastecem as bombas das empresas, responsáveis pela captação para tratamento e distribuição aos moradores.
Com as inundações decorrentes deste volume descomunal de chuvas nos últimos dias, muitas das casas de bombas foram invadidas pelas águas, impossibilitando o funcionamento das máquinas, assim temos diversas áreas com água barrenta tomando conta de tudo, enquanto as torneiras não possuem uma única gota de água potável.
As pessoas estão sem água tanto para consumo, como para higiene pessoal, num caos enorme, por que além de perderem tudo, tem que conviver com a falta de um item básico para a sobrevivência.
Esta situação vai perdurar até que os níveis baixem e sol permaneça brilhando no céu, pois se continuarem as chuvas, as bombas continuarão sem funcionar e a população ficará sem água por mais tempo, numa cadeia de acontecimentos sem nenhum controle humano, dependemos somente da natureza.
Os sistemas de captação de água, de uma forma geral, são antigos e com tecnologia defasada, não possuímos, por exemplo, um sistema de cisternas nas residências, onde a água da chuva pode ser acumulada e usada para limpeza, diminuindo a necessidade da água potável para este fim.
Os governos agora estão na busca das soluções quando mais de 60 cidades decretaram estado de emergência devido ao excesso das chuvas, reunidos para tentar minimizar os problemas das populações, mas tudo é paliativo, não se vislumbra um planejamento há longo prazo, com soluções definitivas para as mazelas das enchentes.
Cabe às populações atingidas apenas observar e continuar sofrendo com o descaso governamental, que não investe em novas tecnologias de captação e distribuição, nem em sistemas de contenção das águas. Se isso acontecesse teríamos soluções para dois problemas: a falta de água potável e as recorrentes inundações.

COMENTÁRIOS ()