Tera-Feira, 06 de Junho de 2023 |

Colunista


Política e Saúde


Darci Barth



10 ANOS SEM TRAUMATO EM ALVORADA/ A VERDADE 1

No ocaso da administração Carlos Brum (PTB), dezembro de 2012, a prefeitura de Alvorada recebeu ofício do IOA (Instituto de Ortopedia Alvorada), responsável pelo atendimento traumato-ortopédico de urgência, informando que iria encerrar as atividades a partir de 31 de janeiro de 2013, pois os valores repassados pelo SUS não seriam suficientes para ressarcir os médicos e insumos necessários. Nas entrelinhas, solicitaram suplementação, sentar e conversar. Aliás, o atendimento no IOA era excelente, muitos elogios de todos. Infelizmente fechou.

10 ANOS SEM TRAUMATO EM ALVORADA/ A VERDADE 2

A esperança era a administração Serginho (PT), 2013 a 2016. Nada, zero. Sucedeu-se a administração Appolo, 2017 até os dias de hoje. Nada, zero. Nos entrementes, fizeram um remendo, credenciaram serviço em Viamão, onde o paciente se dirigia às suas expensas, de condução própria ou ônibus, muitas vezes capengando. Passaram-se 10 anos, uma década, nada de IOA ou similar.

10 ANOS SEM TRAUMATO EM ALVORADA/ A VERDADE 3

Recentemente, para desespero da população, o serviço credenciado de traumato/ortopedia em Viamão foi desativado. Alvorada ficou sem pai nem mãe. A secretária da saúde foi nas redes sociais, afirmou que "a partir de agora o Hospital Cristo Redentor e o HPS em Porto Alegre estão encarregados do atendimento". Confesso que não entendi nada. Reprodução da UPA 24 horas pelo jeito.

10 ANOS SEM TRAUMATO EM ALVORADA/ A VERDADE 4

Na realidade, a questão do IOA é responsabilidade de 3 administrações e 3 partidos, PTB, PT e MDB, não de um só. Não adianta cobrar um do outro, todos tem sua parcela de culpa. Quando vereador, fui incumbido pela secretária de saúde da época, Marenilda de Bortoli, de entrar em contato com o médico-responsável pelo IOA para reativar o atendimento. Me apresentaram uma proposta de 100 mil reais/mês por tudo. A grosso modo, metade pelo repasse do SUS, metade da prefeitura. Não aceitaram na época.

10 ANOS SEM TRAUMATO EM ALVORADA/ A VERDADE 5

A verdade é uma só. Querem um serviço diferenciado, coloquem dinheiro na parada. A saúde é cara, infelizmente não dá para depender somente do SUS. A prefeitura municipal deveria repassar, às vezes cortando na própria carne. Assim como muitas cidades do interior. Não existe milagre.

PENSAMENTO DA SEMANA 1

"A saúde pública no Brasil só irá melhorar quando todos os políticos forem obrigados durante seus mandatos a se consultarem no SUS." - Amauri Lemos

PENSAMENTO DA SEMANA 2

"Temos que ser contra a distorção a que estamos assistindo, em nosso país, da coexistência do mais alto nível de assistência médica e do mais baixo nível de assistência à saúde, na mesma cidade e no mesmo local." - Adib Domingos Jatene, médico, professor universitário, inventor e cientista brasileiro.

COMENTÁRIOS ()