Quarta-Feira, 26 de Abril de 2017 |

Colunista


Tradição e Cultura


Valdemar Engroff


gaucho.valdemar@pop.com.br


Origem do termo Maragato

O termo tinha uma conotação de deboche, ironia, pejorativa, atribuída pelos imperialistas e legalistas aos revoltosos liderados por Gaspar Silveira Martins, que deixaram o exílio, no Uruguai, e entraram no RS à frente de um exército. Como o exílio havia ocorrido no Uruguai numa região colonizada por pessoas originárias da Maragateria (na Espanha), os republicanos apelidaram-nos de “maragatos”, buscando caracterizar uma identidade “estrangeira” aos federalistas. Com o tempo, o apelido assumiu significado positivo, aceito e defendido pelos federalistas e seus companheiros. O lenço vermelho identificava o maragato.

Origem do termo Chimango

A grafia pode ser ximango. Ave de rapina muito comum na campanha riograndense, falconídea, pessoal rapineiro, oportunista, caçador que é da terra.

Alcunha depreciativa dada aos liberais moderados pelos conservadores, no início da monarquia brasileira. No RS, nos anos de 1920, foi a codinome dada pelos federalistas aos governistas do PRR. Honório Lemes Maragato contra Flores da Cunha Chimango (pica-pau). O lenço de cor branca identificava os chimangos.

O lenço de pescoço é um dos símbolos mais fortes do gaúcho, seu orgulho e sua honra. Muitas vezes foi também símbolo político. Em 1893 foram “maragatos” contra “pica-paus” (lenço vermelho contra lenço branco) e em 1923 foram “maragatos” contra “chimangos” (novamente o embate das duas cores tradicionais) e em 1930 o líder e estrategista Getúlio Vargas uniu brancos e colorados, maragatos e chimangos e literalmente “invadiu” o Brasil... A fonte destes dois chasques acima é o sítio oficial do Portal das Missões. Abra as porteiras clicando em www.portaldasmissoes.com.br.

CTG Raça Gaúcha

Mais um evento beneficente em prol do patrão do CTG Raça Gaúcha e grande amigo tradicionalista, será realizado no dia 28 de abril – sexta-feira, com um jantar campeiro por apenas R$ 10,00 por pessoa, tendo no cardápio o tradicional carreteiro, feijão e saladas. Contatos pelo fone (51) 99675-4560. O evento será na Rua Aimoré, 266, no bairro Maria Regina – Salomé.

CTG Darci Fagundes

Neste sábado, dia 22 de abril, o fandango do momento é em Guaíba, no galpão do CTG Darcy Fagundes, com jantar campeiro, com galeto, arroz e saladas. Na animação, o Grupo Querência, lá dos pagos de Pelotas. Contatos pelo fone (51) 99828-5702. O CTG fica na Rua Alzemiro Paz, 353, na vila Jardim.

Os 69 anos do Primeiro CTG do Mundo

Dentro da programação dos seus 69 anos de fundação, ocorrido no longínquo ano de 1948, teremos vasta programação:

1 – sexta-feira – dia 21 – às 8h, primeiro torneio de truco cego e trio, cuja inscrição é de R$ 100,00, com café e almoço para o trio;

2 – sábado – dia 22 – às 8h – primeiro festival pioneiro do verso xucro (cujas inscrições já se encerraram; às 10h – Mostra Cultural dos 69 anos de fundação do 35 CTG

3 – domingo – dia 23 – às 8h – café campeiro; às 10h – Missa Crioula; - às 20h – grande domingueira que terá no palco o Grupo Rodeio, cujo ingresso é de apenas R$ 20,00 onde sócios não pagam. Contatos pelo fone 98442-7120 ou pelo fone do CTG (51) 3336-0035.

Parabenizamos a entidade que se denomina, com muito orgulho, de Primeirro CTG do Mundo, pelo pioneirismo no tradicionalismo organizado, iniciado pelo famoso Grupo dos Oito, no longínquo ano de 1948. O 35 CTG fica na Av. Ipiranga, 5300, em Porto Alegre.

COMENTÁRIOS ()