Sbado, 15 de Agosto de 2020 |

Colunista


Tradição e Cultura


Valdemar Engroff


gaucho.valdemar@pop.com.br


Do alerta ao pânico e à quarentena

Isso seria inimaginável alguns meses atrás, em pensar em parar tudo, via decretos, regramentos, redução de fluxo de pessoas e veículos em horários de pico, como se fosse em dia de sábado. A preocupação é das pessoas, instituições, governos, Organização Mundial da Saúde (OMS). E o maior risco desta pandemia é da terceira idade em diante. E o Coronavirus não escolhe classe social, mas o risco maior é dos que costumam “viajar pelo mundo”, principalmente por países que foram infectados antes, como China, Itália, Espanha, entre outros. Pensando nisso, o Movimento Tradicionalista Gaúcho (MTG), as Regiões Tradicionalistas (RTs) começaram a se mobilizar e a adiar/cancelar eventos para evitar aglomerações de pessoas. As entidades tradicionalistas, por sua vez, colocaram as suas atividades em suspensão até segunda ordem, seguindo as orientações do MTG e da sua respectiva RT, bem como do município onde estão inseridas.

Eventos como a 32ª Festa Campeira do Rio Grande do Sul (FECARS), que estava programada este final de semana foi adiada com o comunicado, “O MTG decidiu adiar a 32ª edição da FECARS, prevista para acontecer entre os dias 19 e 22 de março, em Pelotas. A nova data será definida nos próximos dias. A decisão segue orientação do Ministério da Saúde, para que sejam suspensos eventos com aglomeração de pessoas, inclusive na área cultural, para evitar a disseminação do Coronavírus”.

Assim também estão adiados todos os eventos da Primeira Região Tradicionalista e entre estes, o baile do cinquentenário, que estava programado para o dia 27 de março. Em Alvorada já está adiado o segundo baile à moda antiga do CTG Amanhecer na Querência, programado para este sábado (21), foi transferido para o dia 16 de maio. No CTG Sentinelas do Pago, foi adiado o fandango com Os Mateadores e Grupo Charla Pampeana, que estava programado para o dia 03 de abril. As demais entidades tradicionalistas do nosso município suspenderam as suas atividades (charlas/reuniões, cursos de fandango, jantares campeiros, eventos culturais, fandangos), enfim, tudo está “parado”.

Nova patronagem assume o CTG Sentinelas do Pago

Um dos últimos eventos tradicionalistas realizados em Alvorada (antes da suspensão das atividades por causa do Coronavirus), foi realizada no último sábado (dia 13), no galpão do CTG Sentinelas do Pago: o grande fandango de posse da nova patronagem. Antes do fandango começar, sob a animação do Grupo Rebenque, tivemos o cerimonial da posse e assim, o CTG será comandado doravante por:

Patrão: Alexsandro Oliveira Santana
1° Capataz: Paulo Roberto Rempel
2° Capataz: Volmir Volumir da Silva
1° Agregado das Pilchas: Ângela Guindani
2° Agregado das Pilchas: Sheyla Pacífico
1° Sota capataz: Gazielly Feijó
2° Sota capataz: Deise Cardoso
Conselho Fiscal: Diretor - Nilton Da Silva; vice - Gilson Rios
Capataz Cultural: Fabiana Thomaz e Fabiane Ribeiro
Capataz Artístico: Diretora - Bruna Oliveira; vice - Paulo Edson Vieira
Capataz dos Esportes: Diretor: Jair Scherner; vice - Thiago Pacífico
Diretor de Acampamento: Adão Nunes
Diretor Campeiro: José Bueno
Departamento Cozinha: Marizelena Martins e Maria Inês
Departamento Churrasqueira: Cleber Feijó, Carlos Fabiano Dorneles e Eduardo Flores

À patronagem que ora sai, nossos agradecimentos. E à nova patronagem desejamos sucesso no comando do CTG Sentinelas do Pago.

COMENTÁRIOS ()