Quinta-Feira, 22 de Outubro de 2020 |

Colunista


Tradição e Cultura


Valdemar Engroff


gaucho.valdemar@pop.com.br


Projeto Menotti Garibaldi

O tradicionalismo local faz valer mais uma vez o Art. 1º da Carta de Princípios do Movimento Tradicionalista Gaúcho: “Auxiliar o Estado na solução dos seus problemas fundamentais e na conquista do bem coletivo” e mais uma vez, com a chegada da Pandemia do Covid 19, os peões e prendas do departamento cultural mirim da Subcoordenadoria de Alvorada inovaram com o Projeto Menotti Garibaldi, que inicialmente teve como meta angariar alimentos não perecíveis, roupas, calçados, cobertores e leite para as crianças do Abrigo Arco Iris.

Conforme o Subcoordenador Jair Martins, o projeto iniciou timidamente com a distribuição de marmitas em março (no início da pandemia). No entanto, o projeto criou corpo e se expandiu e também tem o apoio dos tradicionalistas e comunidades de fora de Alvorada e outras entidades beneficentes são e serão atendidas na medida que se avolumarem as doações.

Mesmo sendo um projeto voltado às crianças, num destes atos de solidariedade, foram arrecadadas e entregues 50 cestas básicas para o Abrigo Arco Iris, beneficiando assim os pais e familiares destas crianças ali abrigadas; em outra oportunidade, um grupo de jovens ficou sabendo do projeto e de uma família carente com quatro crianças literalmente descalças. Os jovens se cotizaram e adquiriram os calçados novos para as crianças; na tarde da última terça-feira, o projeto fez entrega de cestas básicas a famílias carentes no bairro Rubem Berta em Porto Alegre. Enfim, a solidariedade sai a campo todas as notes fazendo doações e neste sábado, o projeto vai atender várias vilas pobres de Alvorada pois já tem para distribuir um caminhão cheio, com alimentos não perecíveis, produtos de limpeza e higiene, roupas e leite. Para mais informações a respeito de doações, entre em contato com o Subcoordenador Jair Martins pelo Waths (51) 999.994.513.

CTG Amaranto Pereira

Domingo, dia 07 de junho, o CTG Amaranto Pereira promoverá o seu “pague e leve”. Será meio frango assado com maionese de batata, ao valor de R$ 20,00 cujo kit / porção dá para duas pessoas. Este evento estará seguindo as normas sanitárias vigentes e será exigido o distanciamento social e o uso da máscara e para isso, uma pequena equipe de voluntários irá trabalhar para o êxito desta empreitada. Encomendas com o Patrão Adair pelo waths (51) 999.990.294 até o dia 05 de junho. As retiradas do kit deverão acontecer das 12h às 13h30min, no galpão que fica na Rua Celso Lemes da Silva, 520, no Jardim Algarve.

Chasque do MTG

A “Ciranda do Agasalho”, ação promovida pela Gestão de Prendas e pelo Movimento Tradicionalista Gaúcho do Rio Grande do Sul, arrecadou mais de 100 mil itens para doação a famílias carentes. Finalizada no final de semana, a campanha mobilizou as gestões regionais de prendas e também entidades engajadas no projeto Tradicionalismo Solidário.

Segundo a 1ª Prenda do Estado, Gabriela Sarturi Rigão, a campanha assinalou o mês de maio no calendário tradicionalista, uma vez que a Ciranda Estadual de Prendas, que em sua 50ª edição seria realizada neste mês em Santa Maria, foi suspensa em decorrência da pandemia da Covid-19. “A Ciranda do Agasalho fortalece o papel social da prenda e demonstra a força de engajamento em todo Rio Grande do Sul”. Chasque remetido por Sandra Veroneze.

COMENTÁRIOS ()