Tera-Feira, 04 de Agosto de 2020 |

Colunista


Tradição e Cultura


Valdemar Engroff


gaucho.valdemar@pop.com.br


CTG Estância da Serra é o grande vencedor do Cante e Encante o seu CTG

O CTG Estância da Serra, de Osório, na 23ª Região Tradicionalista, venceu a edição virtual do Festival Cante e Encante o seu CTG, criado pelo MTG para valorizar as entidades tradicionalistas do estado e suas histórias. Composta por Flávia Nogueira e Evandro Berlesi, “Alma Estanceira” também conquistou o voto popular, alcançando o maior número de curtidas no Facebook. A final foi realizada na noite deste sábado, no espaço de cultura Web Gaúcha, em Porto Alegre, e as canções exibidas através de vídeos previamente gravados.

Apresentado por Pedro Júnior da Fontoura e Analise Severo, a transmissão de três horas teve show de Érlon Péricles e Cristiano Quevedo e uma homenagem póstuma ao gaiteiro Porca Véia. Uma gravura com a imagem do músico foi pintada em tempo real, a carvão, pelo artista plástico Anilto Cáureo, e será presenteada à viúva do gaiteiro, Clau Boassardi, que soube da homenagem no final da transmissão. “Eu não tenho palavras pra agradecer e descrever a emoção de poder assistir esta obra nascer no palco de vocês. Vai ocupar um lugar especial na minha casa”, disse Clau em vídeo exibido na live.

Uma das marcas do festival, organizado pela vice-presidência Artística do MTG, foi a democratização das decisões da comissão organizadora. Primeiro, um grupo de WhatsApp foi criado para que todos os dez finalistas e quatro inscritos na categoria não competitiva pudessem opinar. No final da transmissão, os integrantes do grupo foram consultados sobre um questionamento que poderia eliminar uma música participante. Por decisão da maioria, a composição foi mantida na final. “Queremos fazer um especial agradecimento à comissão avaliadora e ao Pedro Júnior, Analise Severo e Liliana Cardoso, que desenvolveram suas funções com extrema competência”, destaca o vice-presidente administrativo, Valdir Böhmer.

Na classificação geral, que levou em conta curtidas no Facebook e nota dos jurados, o CTG Velha Cambona, de Portão (15ªRT) ficou em segundo lugar. Já o CFTG Farroupilha, de São Borja (3ªRT) ficou em terceiro, seguido do CTG Fogo de Chão, de Pedro Osório (21ªRT) e DTG Juventude, de Alegrete (4ªRT). Chasque remetido pela Assessoria do Movimento Tradicionalista Gaúcho (MTG/RS), por Sandra Veronese.

CTG Bento Gonçalves da Silva

Abriram as inscrições, que vão até o dia 23 de julho, que serão limitadas, para o 2º Adelante do Verso Albeni Carmo de Oliveira, O evento será online, nos dias 25 e 26 de julho, na categoria poesia inédita (pré-mirim, mirim, juvenil, adulta e veterana). As premiações serão para as modalidades acima citadas, para o primeiro e segundo lugares, respectivamente. Informações e inscrições pelo waths (51) 996.919.301 ou pelo chasque eletrônico rosana_pro@yahoo.com.br.

Chasque da Subcoordenadoria de Alvorada

Enquanto esta pandemia do COVID 19 persistir em nossa cidade, em nosso Estado, País e em todo o mundo, as atividades nos galpões das nossas entidades tradicionalistas continuarão restritas. Mas o rodízio do “pague e leve” dos CTGs da nossa cidade segue. Hoje, dia 17, será no galpão do CTG Tradição; o do CPF O Tempo e o Vento será dia 24 e no dia 31 de julho no galpão do CTG Amaranto Pereira. Esta sistemática vai continuar, por ora, enquanto a pandemia do COVID 19 continuar em toda esta terra que chamamos de mundo. Mais informações com o Subcoordenador Jair Martins pelo fone (51) 999.994.513.

COMENTÁRIOS ()