Quarta-Feira, 12 de Agosto de 2020 |

Colunista


Tradição e Cultura


Valdemar Engroff


gaucho.valdemar@pop.com.br


Enart e Fegadan não devem acontecer em 2020

Não existe, hoje, um cenário favorável para a realização da edição 2020 do Enart – Encontro de Artes e Tradição Gaúcha. A análise é do vice-presidente artístico do Movimento Tradicionalista Gaúcho do Rio Grande do Sul, Valmir Böhmer.

Segundo ele, duas variáveis são utilizadas para embasar sua análise. A primeira delas é a incerteza quanto à possibilidade de alguém que já tenha contraído a covid-19 estar imune e não mais contraí-la, nem transmiti-la. A segunda é a inexistência de uma vacina.

O tema, segundo Böhmer, está sendo discutido com coordenadores regionais e Conselho Diretor do MTG. Ele acredita que eventos que impliquem em aglomeração, como é também o Fegadan – Festival Gaúcho de Dança não tem sua realização viabilizada. O MTG obedece às diretrizes das autoridades sanitárias. Chasque remetido pela Assessoria do Movimento Tradicionalista Gaúcho (MTG/RS), por Sandra Veronese.

Desfiles Farroupilhas Cancelados

O Movimento Tradicionalista Gaúcho (MTG) deixou ao encargo das Regiões Tradicionalistas a decisão de que forma festejar o dia 20 de setembro. Com certeza tudo vai girar em função do alcance da pandemia na época das comemorações. Contudo, os dois maiores desfiles farroupilhas do Estado, Alegrete e Santana do Livramento já anunciaram que neste ano de 2020 não ocorrerão os disputados cortejos de cavalarianos. Chasque do meu amigo Léo Ribeiro de Souza, publicado em seu galpão virtual www.blogdoleoribeiro.blogspot.com.

Chasque do Movimento Tradicionalista Gaúcho

Em live na página do MTG, o secretário da Agricultura Covatti Filho disse que em 15 dias será́ editada uma nova normativa sobre uso de GTA para trânsito de cavalos. A ideia é minimizar os efeitos de uma portaria que voltou a obrigar a guia em descolamentos dentro de uma mesma cidade.
Covatti explicou que a revogação da portaria foi condição imposta pelo ministério da Agricultura para tornar o estado live de febre aftosa, sem vacinação. A nova normativa voltará a liberar, por exemplo, a realização de uma cavalgada dentro do perímetro de uma mesma cidade, sem portar a guia.
O secretário também se manifestou sobre as provas campeiras, interrompidas pela pandemia. Disse que está sendo criado um protocolo a ser encaminhado à Secretaria da Saúde, em conjunto com o vice-presidente Campeiro do MTG Adriano Pacheco, para liberar treinos nas áreas de cor laranja e amarela, entre outras atividades.

Chasque da Subcoordenadoria de Alvorada

Enquanto esta pandemia do COVID 19 persistir em nossa cidade, em nosso Estado, País e em todo o mundo, as atividades nos galpões das nossas entidades tradicionalistas continuarão restritas. Mas o rodízio do “pague e leve” dos CTGs da nossa cidade segue. Hoje, dia 24 de julho, será no galpão do CPF O Tempo e o Vento e no dia 31 de julho no galpão do CTG Amaranto Pereira. Esta sistemática vai continuar, por ora, enquanto a pandemia do COVID 19 continuar em toda esta terra que chamamos de mundo. Mais informações com o Subcoordenador Jair Martins pelo fone (51) 999.994.513.

COMENTÁRIOS ()