Quarta-Feira, 26 de Julho de 2017 |

Colunista


Tradição e Cultura


Valdemar Engroff


gaucho.valdemar@pop.com.br


Alvorada – Capital da Solidariedade

Academia Alma Gaúcha
Uma das porteiras permanentemente abertas no tradicionalismo são os cursos de danças gaúchas de salão (de fandango) e no ano de 2002, em Porto Alegre, surgiu a Academia Alma Gaúcha, capitaneada pelos instrutores Machado e Juliana Lindner, na Associação de Moradores do Bairro São José, onde iniciaram as atividades, mas transferiram-se em seguida para o CTG Chimangos,
onde a primeira formatura foi em 16 de novembro daquele ano.

Uma trajetória de 13 anos formando tradicionalistas, apreciadores do compasso fandangueiro, frequentadores dos bailes gaúchos em galpões dos nossos CTGs e muitos destes, tendo esta oportunidade galgam degraus no movimento tradicionalista, em funções diversas, como membros de patronagens, departamentos, em subcoordenadorias, coordenadorias regionais e até dentro do MTG.

As festividades comemorativas foram realizadas no CTG Amaranto Pereira no dia 19 de dezembro, com um grande fandango animado pelo Grupo Filhos de Galpão, mas antes o casal que compõe a academia atualmente, Machado e Libra Severo (desde 2012), homenagearam diversas pessoas por merecimento. Atualmente ministram a arte da dança gaúcha de salão no CTG Amaranto Pereira. Desejamos que a Academia, seus instrutores e apoio técnico continuem com as porteiras abertas para a entrada de futuros tradicionalistas nos galpões dos nossos CTGs onde realizam os seus cursos.

Chasque para refletir
Um senhor levou o seu celular paro o conserto. O proprietário do bolicho de aparelhos eletrônicos lhe disse: “senhor, este celular não está com defeito”. Então aquele senhor começou a chorar copiosamente e respondeu: “se este celular não está com defeito, porque então os meus filhos não me ligam”?

Com este chasque estamos entrando nos festejos natalinos, onde lamentavelmente em primeiro lugar aparecem o papai Noel e os presentes. Sabemos que estar presente tem muito mais valor do que bens materiais e carnês com dívidas. Esteja mais presente neste natal e em todos os dias do ano de 2016, na sua família, com os seus idosos, com seus filhos, com sua (seu) esposa (o) e os seus verdadeiros amigos. Feliz natal a todos.

COMENTÁRIOS ()