Tera-Feira, 22 de Setembro de 2020 |

Moradores do Bairro Jardim Porto Alegre reivindicam melhorias na infraestrutura viária

Segundo os alvoradenses, faz meses que a Prefeitura não realiza a manutenção das vias

Por Redação em 07 de Agosto de 2020

"Rua João Pessoa no Bairro Jardim Porto Alegre sofrem com a falta de manutenção do poder público" (Foto: Guilherme Wunder)


No e-mail ou por telefone a redação do Jornal A Semana recebe dezenas de sugestões de pautas e reclamações de moradores. Uma das mais recorrentes é referente a infraestrutura viária do município e a falta de manutenção. Nessa semana, a reportagem foi às ruas do Bairro Jardim Porto Alegre para compreender a reivindicação da população.

O parecer da comunidade

A Avenida Tiradentes é uma via de grande trafegabilidade, pois liga a Avenida Frederico Dihl até o Jardim Algarve. Contudo a via segue depois disso. No trecho de grande fluxo de veículos ela é asfaltada, mas no restante é chão batido – inclusive existe trecho onde um dia os moradores afirmam que já foi asfaltada. Todos os relatos falam da falta de manutenção no patrolamento e de perspectivas da pavimentação.

Segundo Agustina da Rocha, que mora na região faz oito anos, é raro ver a Prefeitura patrolando a via e, quando fazem, logo os problemas retornam. “A rua está horrível e cheia de buracos. Eles ficam muito tempo sem vir aqui e, quando chove, entope todas as ruas. A terra solta que fica por cima entra para dentro das bocas de lobo e prejudica o nosso esgoto”, salienta a dona de casa.

Já Alexandre de Lima, que mora há mais de 20 anos na região, confessa que cansou de cobrar melhorias e está organizando a comunidade para fazer a pavimentação comunitária. “Nós estamos vendo para colocar PAVS. Tem alguns moradores que eu já conversei e todos topam. A gente precisa de alguém para nos ajudar e queremos nos abraçar nessa causa para terminar com a poeira e o barro”, afirma.

No caso da Rua João Pessoa o problema está na falta de manutenção do asfalto. Segundo Ione Marques, faz muito tempo que não existe reparo. “Está sempre assim, terrível. A gente tem duas linhas de ônibus aqui e eles nunca arrumam. Nós reclamamos, mas de nada adianta. Eles só colocam uns remendos que não duram nada. Seria um sossego se eles arrumassem”, relata a aposentada.

Rudi Scherer é uma das lideranças do bairro e tem ofícios de setembro do ano passado que até agora não foram atendidos. Conforme ele, a região está abandonada. “Desde setembro do ano passado que ninguém da Prefeitura vem aqui. Eu sou enrolado pela Secretaria de Obras e Viação há muito tempo. A nossa comunidade precisa ser assistida pela Prefeitura”, desabafa o líder comunitário.

Respostas do Executivo

Em entrevista, o secretário de Obras e Viação (SMOV), Rogério Negreiros, falou sobre a situação da Avenida Tiradentes. “Não tenho conhecimento de pavimentação comunitária naquela região. Só se eles estão se organizando para isso, mas não existe nada na SMOV. Já o patrolamento a gente está cobrando a empresa de locação, pois a demanda está grande”, explica.

Já sobre a manutenção da Rua João Pessoa, existe a expectativa de que comece em breve, mas não foi dado datas. “O contrato foi assinado e estamos gerando o empenho. Estamos aguardando apenas isso para ser assinada a ordem de início. A Rua João Pessoa está no cronograma para ser uma das primeiras contempladas no novo contrato. Toda aquela região será atendida primeiro”, finaliza Negreiros.

COMENTÁRIOS ( )