Domingo, 20 de Agosto de 2017 |

Outubro Rosa no Largo da Prefeitura

Outubro é um mês tradicionalmente dedicado ao combate do câncer de mama

Por Redação em 19 de Outubro de 2012

"Rosa Feijo, Marta Medeiros, Maira Caleffi (presidente do Imama), primeira dama Rejane Brum e Liane Araujo, vice-presidente" (Foto: CCS)


Outubro é um mês tradicionalmente dedicado ao combate do câncer de mama. Assim, na próxima quarta, 24/10, a Praça Leonel Brizola vai abrigar, a partir das 14 horas, inúmeras atividades de combate ao câncer de mama. O evento conta com a presença do Instituto de Mama/Imama-RS, Grupo de Apoio Amanhã sem Câncer da Paróquia Santo Antonio, Avon e Universitário.
Os organizadores, Gabinete da Primeira Dama e Secretaria Municipal da Saúde, prometem uma tarde produtiva, de conhecimentos para prevenir o câncer de mama, orientações e depoimentos de mulheres batalhadoras e vitoriosas, para quem esta enfrentando a doença.
Na unidade móvel haverá exames de palpação de mamas e serão encaminhadas mamografias, quando necessária. A importância desse exame é real, pois o câncer, quando detectado e tratado no início, tem 95% de chances de cura. Cerca de 90% dos casos não hereditários e que em dois meses o tumor pode dobrar de tamanho, e reduzir consideravelmente a possibilidade de cura.
A primeira dama Rejane Brum lembra que às mulheres devem estar sempre vigilantes, fazer mamografia anualmente, o auto- exame das mamas, mensalmente, e qualquer anormalidade detectada, procurar urgente um médico. Em Alvorada o evento ocorre desde 2008 e, ano passado, cerca de 100 mulheres participaram do encontro na praça.
Antecedendo as atividades do Outubro Rosa na cidade, Rejane Brum participou do lançamento da exposição de fotos "Alma Rosa" de Roberta Castilhos, no Moinhos Shopping, com imagens de voluntárias que venceram a doença.
Entre essas vencedoras está a alvoradense Marta Medeiros, que teve câncer de mama há mais de 20 anos. A exposição, que vai até o dia 31 de outubro, contou ainda com a presença de Maira Caleffi, presidente do Imama-RS e da Federação Brasileira de Instituições Filantrópicas de Apoio à Saúde da Mama/Femama.

COMENTÁRIOS ( )