Quarta-Feira, 27 de Janeiro de 2021 |

Prefeitura projeta arrecadar mais de R$ 6 milhões com a cota única do IPTU

Além disso, administração conseguiu negociar com grandes empreendedores que tinham débitos com o município

Por Redação em 08 de Janeiro de 2021

"Machado explica que o município desenvolveu diversas ações para que o contribuinte pague o IPTU" (Foto: Carina Soares)


Janeiro é o mês que sucede o 13º salário e também é conhecido pelo mês dos impostos. É IPTU, IPVA, Imposto de Renda, mensalidade de escolas e mais algumas contas que chegam à casa de todos. Porém um destes impostos é importante para o desenvolvimento do município e, graças aos descontos ofertados, vem ganhando adeptos que pagam em cota única.

O IPTU 2020 estava com três faixas de pagamento com desconto: 30% até quatro de janeiro, 15% até 15 de fevereiro e 10% até 15 de março. Na primeira faixa de desconto em cota única, houve uma redução no valor arrecadado com o imposto – quando comparado com o ano anterior. Foram R$ 1.3 milhões de reais que entraram nos cofres da Prefeitura até quatro de janeiro, sem contar a taxa de lixo.

Em entrevista, o secretário da Fazenda (SMF), Marcelo Machado, explicou a série de ações feitas para aumentar a arrecadação. “Nós construímos uma política para ajustar os nossos impostos, qualificamos os cadastros e os carnês. Depois começamos a cobrar os grandes devedores. Isso já no ano passado, quando conseguimos fechar negociações com algumas empresas para elas se regularizarem”, salienta o titular.

Com isso, ele acredita que o impacto da pandemia será menor do que o esperado anteriormente e que já se projeta a arrecadação do imposto. “Esse ano já entrou R$ 1.3 milhões líquido nos cofres do município com o IPTU e a expectativa é de que a gente arrecade em torno de R$ 6.5 milhões até o fim da terceira faixa de desconto. Isso lá em março”, explica Machado.

Além das três faixas de pagamento com desconto: 30% até quatro de janeiro, 15% até 15 de fevereiro e 10% até 15 de março; também foi desenvolvido um novo formato para auxiliar a população. “Nesse ano nós aumentamos os descontos em relação aos anos anteriores. Além de ter o desconto maior na cota única, também daremos 5% de desconto por parcela paga em dia”, finaliza o secretário da SMF.

Erro gráfico não interfere nos valores

Alguns alvoradenses encontraram erros em suas guias de pagamento. Contudo, a SMF informou que ocorreu um erro de impressão na parte onde aparecem os cálculos para pagamento antecipado progressivo, o desconto aparece o mesmo para todas as modalidades. Porém os valores finais para pagamento estão corretos. O ocorrido não gerou prejuízo ao contribuinte.

COMENTÁRIOS ( )