Segunda-Feira, 10 de Agosto de 2020 |

Ruas do Jardim Algarve sofrem com a falta de manutenção de seu asfalto

Segundo moradores, faz mais de quatro anos que o poder público não soluciona os problemas

Por Redação em 10 de Julho de 2020

"Diversas vias do Jardim Algarve estão sofrendo com a falta de manutenção e, consequentemente, o surgimento de buracos como é o caso da Rua 34" (Foto: Guilherme Wunder)


No início do ano, o prefeito José Arno Appolo do Amaral (MDB) anunciou que a prioridade da administração municipal para 2020 seria a infraestrutura viária. Contudo, em visita ao Jardim Algarve, foi possível averiguar que esses investimentos ainda não chegaram a região. São dezenas de ruas que sofrem com a falta de manutenção e perdem o seu asfalto.

A reportagem do Jornal A Semana esteve visitando o bairro na tarde de quarta-feira, 08/07, para compreender a realidade da região. Na oportunidade, foram visitadas as ruas José Milton Paris, 34, Canários e a Avenida Elmira Pereira da Silveira. As quatro vias em questão sofrem com os buracos e a falta de manutenção que, segundo os moradores, não acontecem há pelo menos quatro anos.

O parecer da comunidade

Daniel Lopes trabalha numa mecânica na Rua José Milton Paris – paralela à Avenida Zero Hora – e conta que o comércio vive com esse problema há muito tempo. “Faz uns cinco ou seis anos que esses buracos estão aí. A Prefeitura nunca veio arrumar. Quem tapa os buracos são os moradores, com restos de obras. Aqui é uma válvula de escape da Avenida Zero Hora e muitos acidentes já aconteceram”, confessa o alvoradense.

Já na Rua 34, foi possível conversar com Leisa Vieira. Lá também foi possível ver que os moradores que tapam os buracos com pedras e restos de obras. Segundo ela, também faz anos que a administração municipal não aparece na região e isso faz falta. Senão fosse os moradores, poderia haver acidentes ou carros quebrando devido aos buracos. A alvoradense explica que muitas crianças se machucam caindo nos buracos.

Para a dona de casa, seria de suma importância que a Prefeitura viesse consertar os problemas. “Faz muito tempo que eles não arrumam. Faz 16 anos que moro aqui e, quando cheguei, era uma rua lisinha e sem buraco. Depois disso, nunca mais vieram aqui. Se tu reparares, tem restos de obras tapando os buracos. Nós temos que cuidar da nossa frente para não deixar a rua tão ruim”, justifica Leisa.

Outro local visitado foi a esquina da Rua Canários com a Avenida Elmira Pereira da Silveira. Segundo Sônia Pinto, os buracos naquela região existem há pelo menos quatro anos. “Eles colocam britas para tapar, mas não dura uma semana. Sem falar que eles não tapam todos os buracos. Na madrugada escutamos o estouro de carros que passam aqui e acabam quebrando. Isso sem falar que é linha de ônibus”, conclui a aposentada.

Respostas do Executivo

Em entrevista, o secretário de Obras e Viação (SMOV), Rogério Negreiros, afirmou que existem projetos para a região. “Nós estamos para assinar o contrato com a empresa que vai fazer o tapa-buraco. Isso deve acontecer nos próximos 15 dias e aquela região está no cronograma. Diversas ruas do Jardim Algarve serão contempladas. A tendência é que a gente comece a manutenção em um mês”, afirma o titular da pasta.

COMENTÁRIOS ( )