Tera-Feira, 22 de Setembro de 2020 |

A história de Rogério da Silva, um dos primeiros chapistas a trabalhar com xis

O alvoradense já trabalha no ramo há 38 anos e passou por diversos estabelecimentos

Por Redação em 31 de Julho de 2020

"Hoje o chapista é dono do Super Galo Lanches, que fica localizado na Rua Fernando Rieth, Nº 119 no Bairro Americana" (Foto: Guilherme Wunder)


Alvorada não tem o título oficial de capital do xis, contudo tem seus lanches muito elogiados em toda a região metropolitana. Apesar de não ter esse título, são dezenas as lancherias que tem em seu cardápio o famoso prato e isso faz muitos anos. Quem conta um pouco dessa história é Rogério Gomes da Silva, 53 anos, que é considerado um dos primeiros chapistas do município.

Ele conta que começou a trabalhar no ramo com 15 anos, ao lado do seu tio Miro, que abriu o primeiro estabelecimento do ramo no município: o Xis Car. A lancheria ficava localizada na esquina da Avenida Presidente Getúlio Vargas com a Rua Jovelino de Souza e era conhecida como um ponto de encontro da juventude do município. Foi lá que depois surgiu a lancheria de nome Toscana.

Silva explica que, aos 15 anos, quando foi convidado pelo seu tio, acabou gostando do serviço. Tanto é que ele trabalha no ramo até hoje. “Trabalhei com ele e depois no Toscana. Depois ele abriu um bar dentro da Escola São Francisco e me levou. Depois fomos para a Padaria Cinco Estrelas. Além disso trabalhei no Ponto 48 e depois abri meu próprio negócio”, salienta o alvoradense.

O seu primeiro local de trabalho se transformou no Toscana, que virou referência na cidade, mas que hoje não existe mais. Ele fala sobre essa experiência. “Sempre vivi do xis. No primeiro estabelecimento de Alvorada eu trabalhei. Isso lá com o meu tio. Fico triste em saber que não existe mais o Toscana e aquele espaço. Aquele local deveria ter virado um patrimônio, pois era o ponto de encontro das pessoas”, desabafa Silva.

Promoções durante a pandemia

Hoje o chapista é dono do Super Galo Lanches, que fica localizado na Rua Fernando Rieth, Nº 119 – os telefones para contato são 3412.2300/98507.7886 – e afirma que sempre recebe elogios de seus clientes. Contudo, devido a pandemia, o movimento reduziu e Silva afirma que, no início, pensou que teria de parar, pois estava muito difícil se manter aberto e em funcionamento.

Pensando nisso, o alvoradense desenvolveu uma promoção e baixou o preço dos xises carne, frango e calabresa para R$ 10. “As pessoas estão precisando e a gente divide as despesas. Por causa disso, baixei os valores dos xises carne, frango e calabresa para dez reais. Vou com essa promoção pelo menos até novembro e, se seguir essa pandemia, vou manter ela”, explica.

Depois que essa promoção entrou em vigor, ele afirma que conseguiu ver uma luz no horizonte e se manter da profissão que ama. “Não tenho o que me queixar. Consigo pagar as minhas contas e os funcionários com o meu negócio, mesmo durante a pandemia. Óbvio que teve uma redução no início, mas estou conseguindo me manter”, conclui o chapista.

COMENTÁRIOS ( )