Quarta-Feira, 28 de Outubro de 2020 |

Alvoradense Brennda Martins será uma das bailarinas na 17ª Dança dos Famosos

Dançarina irá trabalhar com o ator e modelo Felipe Titto

Por Redação em 18 de Setembro de 2020

"Ela irá trabalhar junto do ator e modelo Felipe Titto" (Foto: Divulgação)


No último domingo, 13/09, o público conheceu os participantes de mais uma temporada da Dança dos Famosos. Nessa 17º edição, o público alvoradense terá um motivo a mais para assistir ao programa. Isso porque a bailarina alvoradense Brennda Martins foi uma das professoras escolhidas para protagonizar o quadro. Ela irá trabalhar junto do ator e modelo Felipe Titto.

Nos próximos meses, eles terão a missão de conduzir os participantes e acompanhar seu desenvolvimento e evolução. Para que o ‘Dança dos Famosos’ aconteça em segurança para todos os envolvidos, foram estabelecidos protocolos que abrangem todas as etapas da produção.

As roupas de treino serão higienizadas e disponibilizadas apenas no momento do ensaio. O figurino para apresentação também seguirá rígido controle de higienização. Os concorrentes e os professores do ‘Dança dos Famosos’ serão testados semanalmente e seguirão a rotina de ensaios com todos os cuidados e proteção necessárias, e com o suporte de uma equipe reduzida. E não haverá encontro entre as duplas participantes, antes ou durante os treinos.

A bailarina alvoradense explicou como estão funcionando os ensaios e a produção em meio a pandemia. “A produção do programa está tomando todos os cuidados necessários e o elenco do quadro é testado toda semana. Assim, estando tudo ok, podemos ir para os ensaios, todos com máscaras e seu próprio kit com garrafas, roupas e acessórios”, salienta Brennda.

Ela afirma estar animada e ansiosa para começar. Além disso, ela acredita que este ano será uma edição épica e completamente diferente de todas as outras. “Como bailarina e professora, é extremamente importante para a minha carreira ter uma oportunidade tão grandiosa como o ‘Dança dos Famosos’. É importante ter reconhecimento na área e mostrar o meu trabalho de uma forma diferente do que costumo mostrar no balé do Faustão, aos domingos”, explica a alvoradense.

Ela também aproveitou para pedir o apoio da cidade nesse projeto. “Cresci e me criei em Alvorada. Foi onde tudo começou. Aulas e grupos de dança, com apresentação no palco da 48, enfim... Minha família, amigos e familiares são todos alvoradenses, então eu conto com a torcida de todos vocês, pois levo as minhas raízes gaúchas para um dos palcos mais importantes do Brasil”, finaliza Brennda.

COMENTÁRIOS ( )