Sábado, 22 de Julho de 2017 |

Alvoradenses celebram a cultura gaúcha na 33ª Cavalgada do Mar

Evento que percorreu quase toda extensão do Litoral Norte termina neste sábado

Por Redação em 24 de Fevereiro de 2017

"CTGs e Piquetes de Alvorada participam do evento que passa por praias do litoral norte gaúcho" (Foto: Karen Cunha)


Desde o último sábado, 18/02, cerca de 1,5 mil tradicionalistas participam da 33ª dição da Cavalgada do Mar. Os cavaleiros percorrem durante esta semana quase toda a extensão do Litoral Norte gaúcho pela beira da praia montados a cavalo. Dentre os participantes, cerca de 30 alvoradenses representam o município no evento.

Orlando Kunzler, ex-patrão do CTG Amaranto Pereira, do bairro Jardim Algarve, fala que a cavalgada é uma experiência única. “A cavalgada pra mim é uma experiência única. Eu já participo há mais ou menos oito anos. Parece uma família. É um encontro único a participação desses homens a cavalo em períodos de chuva, de sol forte. É um orgulho pra mim participar com essa turma. É uma alegria sempre que se fala que vai ter a Cavalgada do Mar”, exalta.

A cavalgada já passou pelas praias de Dunas Altas, Pinhal, Cidreira, Tramandaí, Imbé, Capão da Canoa, Arroio do Sal e encerra-se neste sábado em Torres. Para o sub coordenador da 1ª Região Tradicionalista de Alvorada, Renato Spanhol, a edição desse ano está bastante semelhante a do ano passado. “Talvez o número de cavaleiros menor em função da crise”, ressalta. Participando pela 13ª vez do evento, ele conta que nos momentos em que não estão cavalgando fazem outras atividades também. "Existem outras atividades: na quarta em Imbé tem o rodeio e na quinta em Capão tem torneio de truco, bocha campeira, palestras com veterinários sobre o manejo do cavalo”, explica. Segundo o cavaleiro, o evento abrange pessoas de todas as idades, desde crianças até idosos. Durante todo o percurso de 250 quilômetros há o acompanhamento de viaturas e policiais a cavalo da Brigada Militar. Para Spanhol o clima de amizade que se constrói durante a cavalgada é o fator mais importante do evento. “Nessa edição eu destaco a organização, a amizade e a parceria entre todos que estão na cavalgada e uma ótima aceitação do público, que sempre nos aplaude por onde passamos”, finaliza Spanhol.

A edição deste ano, a 33ª, presta homenagem, através de um concurso de poesias, a cidade de Mostardas. O município é a terra natal de Menotti Garibaldi, filho de Anita e Giuseppe Garibaldi. A Cavalgada do Mar entrou para o Guinness Book como o maior evento equestre do mundo.

COMENTÁRIOS ( )