Sexta-Feira, 12 de Agosto de 2022 |

Filmes d'A Semana

Crítica de Doutor Estranho no Multiverso da Loucura

Por Redação em 01 de Julho de 2022

"Filmes d'A Semana" (Foto: Divulgação)


Demorei, cai em spoilers, me enrolei, mas finalmente assisti ao mais recente filme do universo Marvel: ‘Doutor Estranho no Multiverso da Loucura’. O longa-metragem estreou no início de maio nos cinemas, mas como bom atrapalhado que sou, deixei para assistir nesta semana. Isso porque ele já está disponível no serviço de streaming da Disney desde o dia 22 de junho.

Após derrotar Dormammu e enfrentar Thanos nos eventos de ‘Vingadores – Ultimato’, o Mago Supremo, Stephen Strange, e seu parceiro Wong, continuam suas pesquisas sobre a Joia do Tempo. Mas um velho amigo que virou inimigo coloca um ponto final nos seus planos e faz com que Strange desencadeie um mal indescritível, o obrigando a enfrentar uma nova e poderosa ameaça.

Temos aqui um dos filmes mais diferentes da fórmula Marvel de fazer cinema. A ideia recente de ter subgêneros de filmes funciona e aqui temos elementos do terror sendo utilizados pelo diretor Sam Raimi. Obviamente que não estamos vendo os filmes do James Wan, mas temos bons elementos que funcionam dentro da temática de super-heróis abordadas pela Marvel.

A história se divide entre os protagonismos de Wanda e Doutor Estranho – além de nos apresentar a carismática América Chavez – e a conexão/sintonia entre ambos impressiona. Obviamente que, por termos três histórias de conexão com algo que perdeu, os protagonistas não tem todo o destaque que merecem. Contudo, infelizmente, não é só isso de ruim que tem no filme.

Além da falta de identidade – tem vezes que se pega pensando se é um filme do Doutor Estranho ou da Feiticeira Escarlate – também não se tem a construção mais profunda dos dramas que cada um está passando. Isso faz com que a empatia – algo importante aqui – não se construa da forma que o filme precisa. Fica difícil se envolver com os personagens e seus dramas sem a profundidade necessária.

Agora, falando em referências, não tem como não se maravilhar com alguns pontos. Isso indo desde o poder mostrado por Wanda – e seu uniforme emblemático – indo até as batalhas mágicas de Doutor Estranho. Não quero dar spoilers aqui, mas personagens queridos do público aparecem pela primeira vez no universo cinematográfico da Marvel e até o próprio multiverso traz deleites aos nossos olhos.

‘Doutor Estranho no Multiverso da Loucura’ está longe de ser o melhor filme da Marvel. Pode-se dizer até que ele pode cair no esquecimento quando se parar pra pensar no fim desta fase. Contudo, como filme de transição, apresentação de conceitos e momentos emblemáticos, ele cumpre o seu papel. Muita coisa entregue aqui deve ser vista no futuro e é bom você correr para assistir.

COMENTÁRIOS ( )