Domingo, 29 de Novembro de 2020 |

Filmes d'A Semana

Crítica de Casal Improvável

Por Redação em 23 de Outubro de 2020

"Filmes d'A Semana" (Foto: Divulgação)


Que saudade de ir ao cinema minha gente, mas ainda não é possível. As salas seguem fechadas e não sabemos quando os lançamentos vão retornar as telonas. O cenário é inóspito, mas vocês precisam se entreter de vez em quando. Pensando nisso, hoje escrevo sobre ‘Casal Improvável’, que foi lançado no ano passado e pode ser encontrado nos serviços de streaming.

Escolhi esse filme porque toda pessoa que acompanha cinema tem seus atores preferidos. Aquelas pessoas que, por mais que não façam um grande filme, a gente vai ao cinema para prestigiar e depois elogiar a obra para os outros – por mais que ela tenha uma qualidade duvidosa. No meu caso, existe uma tríade que alcança esse local: Russell Crowe, Javier Bardem e Seth Rogen. Esse último, estrela “Casal Improvável”.

Solitário, sem emprego, autodestrutivo e fracassado, o jornalista Fred Flarsky se esforça para tentar mudar os rumos de sua vida. Quando se reencontra com a sua antiga babá, Charlotte Field, que hoje se tornou uma das mulheres mais poderosas do mundo, um romance improvável surge entre eles, causando uma inesperada reação em cadeia.

Além de Seth Rogen, Charlize Theron também protagoniza o longa-metragem e, surpreendentemente, o casal tem muita química. Obviamente que são dois grandes profissionais, mas em áreas diferentes. Enquanto Rogen é mais cômico e tem um humor escrachado, Charlize é conhecida por trabalhos mais densos e com personagens profundos e bem desenvolvidos.

Contudo, por mais que exista essa diferença de estilo dos dois protagonistas, ambos conseguem se desenvolver muito bem dentro de um mesmo universo, de forma coesa. O trabalho de atuação dos dois é simples, mas competente, conseguindo desenvolver empatia e verossimilhança com o que acontece. Tudo graças ao roteiro fechado e a uma direção que não ousa, porém também não erra.

E a comédia, que é o grande ponto do filme, é muita assertiva. As piadas funcionam de forma orgânica e as reações são tão naturais que nem parece um filme. Um ponto acertado, pois Rogen já fez filmes onde acaba perdendo a mão, partindo para um humor mais pesado e escrachado. Aqui ele soube desenvolver algo mais perto da nossa realidade, melhorando muito o filme.

“Casal Improvável” é um filme que seguirá o caminho de “Vizinhos”: por mais que não encha as salas de cinema, ele terá um público cativo nos canais de streaming que se popularizam. É uma comédia leve, divertida e que consegue gerar uma identificação com o público. Um acerto na carreira do ator, que se consolida como um dos atores da minha tríade.

Estreias da semana

Rebecca – A Mulher Inesquecível: Uma jovem de origem humilde se casa com um rico nobre e se muda para sua intimidadora mansão na costa da Inglaterra. Chegando lá, ela passa a viver às sombras da falecida Rebecca, a misteriosa esposa anterior de seu marido, descobrindo, aos poucos, misteriosos segredos sobre seu passado.

Os 7 de Chicago: Baseado em uma história real, o longa-metragem ‘Os 7 de Chicago’ acompanham a manifestação contra a guerra do Vietnã que interrompeu o congresso do partido Democrata em 1968. Ocorreram diversos confrontos entre a polícia e os participantes. No total, dezesseis pessoas foram indiciadas pelo ato.

COMENTÁRIOS ( )