Quarta-Feira, 18 de Outubro de 2017 |

Inscrições para o 3º Festival de Cinema Escolar se encerram neste sábado

Até o momento, já são mais de 1.100 inscritos de 91 países inscritos no evento

Por Redação em 29 de Setembro de 2017

"Na segunda edição do festival houve cerca de 130 curtas inscritos" (Foto: Clube das 5)


Vão até este sábado, 30 de setembro, as inscrições para o 3º Festival de Cinema Escolar de Alvorada (FECEA). O evento, organizado pelos projetos Clube das 5 e Primeira Tela, já conta com mais de 1.100 projetos inscritos de cerca de 91 países. E, segundo André Bozzetti, fundador do Clube das 5 e um dos idealizadores do festival, existem a expectativa de que esses números ainda aumentem.

“Ainda tem a expectativa de chegarmos a um número maior, visto que estou no Uruguai conversando com instituições que vão se inscrever e também no Rio Grande do Sul, aonde tenho consciência de produções que estão sendo finalizadas. Acho que alcançaremos essa marca [1.200 trabalhos] ou até ultrapassaremos um pouco. Já são 91 países inscritos, mas ainda teremos mais alguns até o prazo final das inscrições”, relata Bozzetti.

Esse número surpreende quando se é comparado com a edição anterior do evento. Isso porque, em 2016, o FECEA recebeu a inscrição de 130 curtas, sendo apenas dois deles estrangeiros. Para Bozzetti, já existia a expectativa de crescimento do festival, mas não nessas proporções. Segundo ele, a ideia era de que, no máximo, dobrassem o número de produções e não algo tão extremo assim.

As inscrições se encerram neste sábado, 30/09. Nesta edição foram abertas as categorias de produções de ficção e documentário, nas categorias Ensino Fundamental I (1º ao 5º ano), Ensino Fundamental II (6º ao 9º ano), Ensino Médio, Educação de Jovens e Adultos, de escolas públicas e particulares do território nacional e do estrangeiro. Além disso, também haverá as categorias Especial Universitária e Independente, para produtores até 21 anos de idade.

Para Bozzetti, o principal diferencial deste festival para os outros realizados no Brasil está nas categorias e premiações. Isso porque, conforme ele, a maioria dos eventos premia somente o melhor filme, enquanto o 3º FECEA tem diversas categorias, seja de atuação como também técnicas, e divididas entre as faixas etárias. Ainda para Bozzetti, somente assim é possível valorizar todo o trabalho feito e não somente o produto final.

“É muito importante esse movimento do cinema estudantil dentro das escolas, até pelas leis de conteúdo nacional na TV e no cinema, que é um mercado que vem se abrindo bastante. Se, desde a escola, as crianças já começarem a ter o contato com isso, quando elas chegarem ao ensino médio ou na faculdade eles podem buscar essas áreas para seguir estudo e carreira, tendo uma base que vem desde as séries iniciais. Fazer cinema é tão divertido e bom quanto assistir”, relata o idealizador.

André Bozzetti aproveitou a oportunidade ainda para salientar que, através deste festival, ele quer dar uma visibilidade maior e melhor para Alvorada, afinal mais de 90 países estarão acompanhando o projeto. Conforme ele, está na hora do município ser notícia por atitudes bacanas e não somente pela violência que assola a cidade.

Serão aceitas no 3º FECEA produções realizadas a partir de 2015, que forem enviadas para o e-mail: insc.fecea@gmail.com. Os filmes inscritos deverão estar disponíveis no Vimeo ou no Youtube. O tempo de duração dos filmes inscritos não deverá ultrapassar 20 minutos, incluindo os créditos. A entrega dos prêmios acontecerá em 25 de novembro, no Salão de Eventos do SIMA.

COMENTÁRIOS ( )