Sexta-Feira, 27 de Novembro de 2020 |

Marcelo Dourado participa de gravações de projeto com novo protagonista

Como já estava programado e também foi noticiado por este...

Por Redação em 22 de Fevereiro de 2013

"Marcelo Dourado participa de gravações de projeto com novo protagonista" (Foto: divulgação)


Como já estava programado e também foi noticiado por este jornal, o ganhador do Big Brother Brasil 10, o gaúcho Marcelo Dourado, veio a Alvorada para filmar sua participação no filme “Eu Odeio o Big Bróder”, do diretor Evandro Berlesi.
“Dourado foi tão gentil e atencioso que acabou tornando-se amigo de todos. Foi ótimo gravar com ele, que veio ao Rio Grande do Sul exclusivamente para participar do filme. Tão empolgado com o convite que chegou com o texto na cabeça e bastou pequenos ensaios para as gravações começarem numa boa. Dourado é esperto então, mesmo quando ele ou o outro ator se atrapalhavam no texto, ele partia para o improviso e salvava o take”, relatou Berlesi.
Também conforme o diretor, o ex-BBB elogiou o roteiro do filme, assim como o projeto, e até se comprometeu a ajudar na tentativa de conseguir a participação de Pedro Bial, o que para ele é quase impossível. “O personagem que Dourado interpreta no filme é um instrutor de academia de musculação, do tipo motivacional, empolgado, às vezes sádico”, falou Berlesi.

Mudanças – As cenas foram filmadas na academia Pride, bairro Americana e contaram também com a participação do novo protagonista, o músico e ator Marcelo Maresia, que substitui o ator Eduardo Toledo, que já havia gravado algumas cenas, porém foi nomeado a um cargo público e não conseguiu mais horários disponíveis para as gravações, que em sua maioria são feitas em horário comercial.Com isso as cenas já gravadas por Eduardo, estão sendo regravadas por Maresia.

Inclusão – Também outra novidade do projeto “Alvoroço em Alvorada 3”, é a inclusão. Conforme o diretor, o roteiro foi adaptado afim de inserir a iniciativa da ONG Embrião com suas bicicletas especiais para deficientes visuais, as ODKV. “Fiquei sabendo do projeto deles e coloquei a filha do Braddock, personagem principal, como deficiente visual. Com isso Andressa Mattos, 12 anos, deficiente visual foi, conforme ele, um achado. “Esperta, inteligente, curiosa... Ela é maravilhosa e ficou com o papel”, encerrou Berlesi.

COMENTÁRIOS ( )