Tera-Feira, 22 de Setembro de 2020 |

Pandemia do coronavírus cancela programação da Semana Farroupilha

Serão poucas atividades presenciais e todas elas com limitação de público

Por Redação em 11 de Setembro de 2020

"Em entrevista, o subcoordenador Jair Martins explicou que boa parte das atividades foram canceladas" (Foto: Arquivo A Semana)


Ainda em agosto, o Jornal A Semana conversou com patrões de CTG’s e com o subcoordenador da região, Jair Martins, para compreender como seria a programação da Semana Farroupilha neste ano. Isso porque Alvorada ainda sofre com a pandemia do coronavírus e existem decretos proibindo a aglomeração de pessoas na cidade – assim como em todo o Rio Grande do Sul.

Contudo, no último final de semana houve uma atividade organizada por tradicionalistas na Praça João Goulart. O ato não teve envolvimento do MTG, mas ocorreu porque seria na segunda-feira, 07/09, que chegaria a Chama Crioula e teria início o acampamento farroupilha de Alvorada. Porém, devido a pandemia, essas atividades também foram suspensas para evitar aglomerações.

Em entrevista, o subcoordenador Jair Martins explicou que boa parte das atividades foram canceladas ou serão realizadas em formato virtual. “Nós estamos fazendo as atividades de forma muito cuidadosa. A chama se manterá no CTG Amanhecer da Querência onde ficará até o dia 20 de setembro. Lá a gente contará as histórias para as crianças a importância daquele fogo para nós”, salienta o alvoradense.

A chama crioula citada por Martins virá de Viamão. Se cogitou acender na igreja localizada no Distrito Industrial, mas a ação foi cancelada. “Viamão tem uma centelha nossa que conta muito da nossa história com o tradicionalismo. Então pensamos em pegar ali e valorizar o trabalho iniciado há 20 anos pelos nossos tradicionalistas. Tanto é que pretendemos homenagear esses alvoradenses”, anuncia o tradicionalista.

Entretanto, a ideia inicial de acender a chama na cidade rendeu outra ideia: manter uma chama em definitivo na cidade e não a apagas ao fim da programação. “A ideia é manter ela acesa como resgate da cultura e queremos manter ela acesa para sempre. Nós vamos trabalhar junto ao MTG para que ela seja reconhecida e seja mantida acesa durante os próximos anos”, confirma Martins.

Além da abertura da semana farroupilha e do acampamento, também foi cancelado o desfile de 20 de setembro. O que deve ocorrer são atividades no CTG Amanhecer da Querência, onde ficará a chama durante o mês de setembro. Contudo, serão atividades com público reduzido e agendado. O objetivo é evitar as aglomerações e a proliferação do coronavírus.

Mas não serão apenas essas atividades no CTG Amanhecer da Querência. Também existe na programação mais um evento para acontecer no mês de setembro. “A gente está organizando uma live no dia 17 de setembro, onde contaremos a história da chama crioula e outras façanhas do nosso município desde 1998. Escolhemos esse dia por ser também o aniversário de Alvorada’”, finaliza Martins.

COMENTÁRIOS ( )