Sbado, 27 de Fevereiro de 2021 |

Planeta Harmônico lança seu primeiro single e videoclipe autoral, chamada ‘Agradeça’

Projeto surgiu dentro do Vocal Eco e também aborda aspectos ambientais em suas letras

Por Redação em 15 de Janeiro de 2021

"Contudo, segundo Barbbã, a pandemia fez com que ensaios e gravação do videoclipe se tornassem complicada" (Foto: Divulgação)


A banda Planeta Harmônico tem como seu mantra a frase: “Pela humanidade, pela natureza e pela arte”. Em entrevista, o cantor Paulo Barbbã explica que esse é um projeto artístico e ativista que pretende despertar e incentivar a reflexão para a importância de se buscar um novo rumo para o mundo. Isso abordando temáticas ambientais e sociais.

O grupo, que está lançando seu primeiro single – intitulado ‘Agradeça’ –, é formado por Barbbã (voz e violão), Morghana Rafaeli (voz e cajon) e Thiago Samuel (baixo e voz). Contudo, nessa música existe a participação do grupo Vocal Eco. Além disso, Barbbã explica que, tanto ele quanto Morghana, têm a vontade de que esse projeto seja aberto para mudanças.

Contudo, segundo Barbbã, a pandemia fez com que ensaios e gravação do videoclipe se tornassem complicada. “Mas o resultado do esforço veio, produzimos este vídeo com cara de pandemia. Acho bastante emblemático o Planeta Harmônico ter sua primeira gravação oficial neste período, até por que o vírus vem diretamente de nossa má relação com os animais”, justifica.

Para o cantor, um dos aspectos mais legais está sendo cantar e compor com sua filha. “É maravilhoso ter este elo com a Morghana. Realmente a sensação é maravilhosa. Além disso, ela é uma pessoa altamente profissional, apesar da pouca idade. Sobre o choque de gerações, acreditamos no diálogo e na reflexão, com respeito as nossas diferenças, que são bem poucas”, salienta Barbbã.

Projeto Vocal Eco e relação com a Ecovox

A banda Planeta Harmônico surgiu dentro do Vocal Eco, projeto capitaneado pela Ecovox. Para Barbbã, quanto mais grupos e vozes surgirem falando das temáticas ambientais, é melhor para a música. Isso porque esses temas podem surgir em outros estilos musicais e tornar toda a discussão de sustentabilidade, meio ambiente e cuidado com a natureza mais presente na sociedade.

Para Carlos Weiss, fundador da banda Ecovox, é muito importante que novos projetos surjam para trabalhar música e sustentabilidade. “É sempre bem vinda à inserção de novos grupos e formatos que levem uma mensagem de preservação e conscientização sobre o nosso planeta, além de levar a mensagem de paz. A mensagem de paz da banda Planeta Harmônico é muito importante”, salienta o músico.

Já Claudia Dalpiaz, que é uma das fundadoras do Vocal Eco, é gratificante ver que novas iniciativas musicais estão surgindo a partir desse projeto. “Só nos da à certeza de que estamos no caminho certo. As pessoas, em sua vivencia musical diferenciada, querem desenvolver projetos diferentes. Foi bem legal ver outro projeto surgindo dentro do Vocal Eco”, finaliza Claudia.

COMENTÁRIOS ( )