Sbado, 08 de Agosto de 2020 |

Produção da Alvoroço Filmes é selecionado para festival internacional

‘Cidade dormitório’ participará do festival MoziMotion na Holanda

Por Redação em 27 de Setembro de 2019

"A exibição de estreia ocorreu em agosto do ano passado, no Teatro Bruno Kiefer, dentro da Casa de Cultura Mário Quintana (CCMQ)" (Foto: Divulgação)


Acontece entre os dias 05 e 13 de outubro a 9ª edição do MoziMotion, festival internacional de cinema realizado na cidade de Hilversum, na Holanda. O evento, que inicialmente tinha o foco em longas-metragens produzidos com celulares, abriu espaços em 2019 para filmes desenvolvidos com câmeras DSLR. E, neste primeiro ano, um dos indicados é ‘Cidade Dormitório’, quinto filme da Alvoroço Filmes.

Em entrevista, o cineasta por trás do projeto, Evandro Berlesi, falou sobre o sentimento de ser reconhecido em um festival internacional de cinema. “Fiquei muito feliz com o convite. É empolgante saber que um filme de Alvorada, produzido sem recursos, chegou tão longe. O mérito está em ser selecionado, em participar. Eu sei o quanto isso é difícil”, confessa o alvoradense.

Além disso, o diretor do filme ressaltou como é ser indicado para um festival desse porte, mesmo que não possa viajar até a Holanda para participar do evento. “A questão da competição, nem vem ao caso. Só lamento não ter condições financeiras de poder estar presente no evento. É irônico pensar que uma viagem para a Holanda, custaria mais do que foi gasto na produção do longa-metragem”, conclui Berlesi.

Cidade Dormitório

O filme começa em 1988, quando os irmãos Flávio e Patrícia traçam um plano para levar pra cama Cassandra, a garota mais popular da escola. Trinta anos depois, afastados pelo tempo, eles ainda residem na pequena cidade de Alvorada/RS, onde suas vidas são interligadas por habitantes de diversas classes sociais e personalidades obscuras.

Cassandra tornou-se dona de casa, é casada com Glauco da Pet, suposto vereador da causa animal. Flávio, viúvo, tornou-se um músico fracassado e um péssimo pai. Patrícia, ainda bela e solteira, é proprietária de uma escolinha infantil, foco de uma tragédia eminente.

COMENTÁRIOS ( )