Quarta-Feira, 08 de Fevereiro de 2023 |

Biblioteca Luís Fernando Veríssimo lança história em quadrinhos para marcar seu cinquentenário

Pablito Aguiar foi o autor da obra que homenageia biblioteca pública do município

Por Redação em 25 de Novembro de 2022

"Biblioteca Luís Fernando Veríssimo lança história em quadrinhos para marcar seu cinquentenário" (Foto: Divulgação)


Na quinta-feira, 17/11, a Câmara de Vereadores de Alvorada recebeu o evento de lançamento da história em quadrinhos “Biblioteca de Alvorada: cinquentenário de histórias - 1972 a 2022”. A obra homenageia a Biblioteca Luís Fernando Veríssimo, que completa cinquenta anos em 2022. Quem assina o projeto é o quadrinista alvoradense Pablito Aguiar. A revista em quadrinhos aborda a história ilustrada em desenhos e diálogos curtos entre personagens que fizeram e fazem parte da trajetória da Biblioteca, incluindo uma galeria de fotos dos 32 sócios-fundadores do órgão. Representantes dos poderes executivo e legislativo prestigiaram o evento.

“A escolha desta revista se deu a partir da observação da carência de materiais impressos que sirvam de referência, de memória, de patrimônio cultural e histórico do município de Alvorada”, afirma Bruna Loregian, bibliotecária do órgão. Segundo ela, era importante produzir um material que contasse a história da biblioteca de uma maneira inclusiva e atrativa. “O principal objetivo é deixar para as gerações futuras um registro material da história dos cinquenta anos da Biblioteca Pública Municipal de forma literária, lúdica, atrativa e de fácil compreensão aos estudantes e comunidade”, reflete Bruna, sempre em agradecimento à secretária de educação Neuza Machado - que autorizou a execução do projeto.

Pablito Aguiar, artista escolhido pela administração para a realização do projeto, comenta a origem da parceria entre ele e a biblioteca. “Eu estava querendo fazer o mapa de Alvorada e precisei da ajuda delas, da Cláudia (Dalpias, diretora da biblioteca) e da Bruna pra me ajudar a construir. Foi muito legal essa parceria. Depois disso, elas demonstraram interesse em fazer um quadrinho sobre a história da biblioteca e me convidaram”, conta. Autor de outras histórias em quadrinhos sobre o município, como “Alvorada em Quadrinhos”, o já citado mapa cultural da cidade, e a série “Alvoradenses”, Pablito celebrou a lembrança da administração pública. “Fiquei muito contente pela lembrança. Eu adoro registrar a memória da nossa cidade. Senti meu trabalho sendo valorizado”, confirma.

De acordo com Bruna e Pablito, o processo de produção foi tranquilo e aconteceu com muita cooperação de todas as partes. “Os dados, documentos e fotos que contam a história da Biblioteca foram todos repassados para o Pablito que, a partir disso e através de visitas à Biblioteca, construiu uma narrativa e linha de tempo que guiou a história”, conta Bruna. Pablito conta que foi a partir de uma conversa com Bruna e Cláudia que chegou à melhor maneira de contar essa história. “O processo para fazer o trabalho começou a partir da biblioteca, que fez a pesquisa sobre a história do local. Depois, fui até a biblioteca e entrevistei as duas. Elas me passaram as fotos históricas, fotos dos sócios-fundadores, e assim eu fui montando meu quadrinho - que demorou uns dois meses para ficar pronto”, conta.

Tanto os representantes do poder executivo quanto o artista ficaram contentes com o resultado. A obra será gratuitamente distribuída à população na biblioteca, que fica na rua Wenceslau Fontoura. Toda a rede municipal de ensino distribuirá o material. “A satisfação e alegria é imensa com esse gibi, o resultado ficou muito bom e acreditamos que superou as expectativas, tanto em termos técnicos e de criação, como na receptividade da comunidade”, celebra Bruna. Pablito reitera o sentimento de resgate histórico que a obra entrega. “São cinquenta anos de história. É uma história muito grande, quase do tamanho da nossa cidade. É um local que já ajudou muita gente aqui no município e que precisa ser sempre valorizado”, finaliza.

COMENTÁRIOS ( )