Quinta-Feira, 23 de Maro de 2023 |

Governo propõe reajuste de 9,45% no piso do magistério

O governador Eduardo Leite afirmou que o Estado está trabalhando pela valorização do professor

Por Redação em 17 de Fevereiro de 2023

"“Estamos fazendo um esforço muito grande para valorizar a carreira de professor", afirmou Leite na reunião" (Foto: Divulgação)


Em reunião realizada na tarde de terça-feira, 14/02, no Palácio Piratini, o governador Eduardo Leite (PSDB) apresentou ao CPERS Sindicato uma proposta de reajuste de 9,45% no piso do magistério. O índice proposto incide sobre todos os níveis de carreira dos professores ativos e aposentados, com paridade, e tem um impacto financeiro estimado em R$ 430 milhões neste ano. Pela proposta, todos os docentes gaúchos ganharão, no mínimo, o novo piso nacional, de R$ 4.420,55 para 40 horas de trabalho semanais.

"Diante de um cenário de incertezas em relação às receitas do Estado por conta da queda da arrecadação, bem como considerando as limitações da legislação, entendemos que essa é uma proposta adequada para atender a categoria. Estamos fazendo um esforço muito grande para valorizar a carreira de professor, porque a educação é a prioridade do governo", explicou o governador.

Leite e a equipe do governo também acordaram com o sindicato que serão conduzidos estudos sobre os efeitos do piso em relação à parcela de irredutibilidade. O governo sinalizou ao CPERS que será realizado concurso público para contratação de professores, com lançamento de edital previsto inicialmente para a primeira quinzena de março.

COMENTÁRIOS ( )