Sábado, 24 de Junho de 2017 |

Início do ano letivo na rede pública acontece segunda-feira

Educação. Cerca de 35 mil alunos retornam às salas de aula

Por Redação em 03 de Março de 2017

"Atendimento na Central de Matrículas ocorre com distribuição de senhas" (Foto: Matheus Pfluck)


Na próxima segunda-feira, 06/03, os cerca de 35 mil alunos da rede pública de ensino, que compreende tanto escolas estaduais quanto municipais, estarão deixando de lado seu período de férias e voltando às salas de aula em 44 instituições de ensino da cidade. No início deste mês as escolas particulares já haviam iniciado suas atividades.

De acordo com a secretária de Educação/SMED, Neuza Machado, por falta de verbas algumas melhorias pontuais foram realizadas no período de férias. Entretanto, diretores foram autorizados a realizar serviços de pintura e outros reparos nos locais. “Nós demos o material de pintura e o profissional foi contratado pelos diretores”, afirma a secretária.

Neuza foi diretora da Escola Estadual Salgado Filho por 13 anos, além de ter sido professora. Ela acredita que está tudo pronto para o início do ano letivo na rede municipal, mas avalia que haverá problemas. “A gente vai detectar mesmo dificuldades lá pelo dia 10, porque tem professores que deixam para sair na última hora, para pedir transferência na última hora ou até mesmo demissão. Eles nunca pedem durante o ano letivo eles esperam receber as férias. Então só vamos saber das dificuldades quando iniciar o ano letivo”, fala.

Melhorias

Na tarde da quarta-feira, 01/03, aconteceu na SMED uma reunião entre a secretária e os diretores das escolas municipais. O evento serviu de confraternização entre os diretores pelo início do ano letivo. Na oportunidade, somente um diretor não compareceu.

Uma das diretoras presentes foi Tatiane Sierote do Amaral, da Escola Nova Petrópolis, no bairro Nova Petrópolis, que terá cerca de 500 alunos. Segundo ela, foram realizados serviços de pintura nas salas de aula, capina, limpeza, adaptações e outras melhorias. “Faltam somente ser instalados ar condicionados em quatro salas de aula para termos em todas”, explica.

Já na Escola Leonel de Moura Brizola, no bairro Sítio dos Açudes, o início de ano letivo não será dos melhores para os 420 alunos. De acordo com a diretora, Angela Soares de Brito, o refeitório não pode ser utilizado por falta de reparos. Desta forma não serão servidas refeições aos estudantes. Além disso, um outro problema é a falta de capina. “Vou perder alunos dentro do mato”, avalia. Segundo a SMED, na próxima semana, será iniciada a reforma do refeitório. Sobre a capina foi informado que entrará no cronograma entregue à Secretaria de Obras e Viação.

Central de matrículas

Para que alunos possam ser matriculados em escolas da rede pública no final de 2016 começaram as inscrições na Central de Matrículas, na qual transferências, rematrículas e outros serviços são disponibilizados.

Uma destas mães é Rosimeri Encke da Costa, que na quarta-feira, 01/03, foi até a Central de Matriculas para matricular seu filho de 11 anos na 6ª série do ensino fundamental. Moradora da cidade há cerca de um mês, a mãe não fazia questão de escolher escola. “Vim há duas semanas, mas disseram que não tinha vaga, daí ontem liguei e disseram para vir aqui”, relata.

A Central de Matrículas está localizada ao lado da SMED na Rua dos Umbandistas, 165, bairro Nova Americana. Os telefones são 3442-0180 e 3483-6252. O horário de funcionamento é das 8h às 12 e das 13h às 17h, com atendimento por senha que é distribuída no mesmo local.

COMENTÁRIOS ( )