Sbado, 03 de Dezembro de 2022 |

Secretaria de Educação promove o evento de lançamento da 19ª Feira do Livro de Alvorada

Evento ocorreu no Parque Municipal Lagoa do Cocão e reuniu representantes das escolas municipais

Por Redação em 28 de Outubro de 2022

"O lançamento oficial ocorreu na Lagoa do Cocão e agora a Feira segue de forma itinerante nas escolas" (Foto: Eduardo Porto)


A Secretaria de Educação (SMED) realizou na tarde de quarta-feira, 26/10, o lançamento oficial da 19ª Feira do Livro de Alvorada. O evento foi promovido no Parque Municipal Lagoa do Cocão e reuniu representantes de todas as escolas municipais. Neste ano, o tema da Feira são os clássicos da literatura universal. Para marcar a pauta, as escolas trouxeram estandartes homenageando alguns destes personagens famosos da literatura.

Patrona e xerife da Feira

Durante o evento, foram anunciados os homenageados desta edição. A patrona será Marilene Fernandes. Graduada em história e com pós-graduação em supervisão escolar, a alvoradense iniciou o seu trabalho na Biblioteca Pública no dia em que ela foi inaugurada. Marilene foi a primeira diretora do espaço, onde prestou 14 anos de trabalho junto da comunidade de Alvorada.

Em sua fala, a patrona relata o sentimento de ter sido reconhecida com o convite para fazer parte da Feira deste ano. “Eu quero agradecer de coração a secretária de Educação e as demais pessoas que pensaram em mim. Isso aqui não tem preço. O que cada um faz por sua escola não tem preço. Nós somos seres em evolução e eu me sinto lisonjeada”, salienta Marilene.

Já a xerife desta edição é Bruna Loregian. Graduada em Biblioteconomia pela UFRGS e com pós na área de bibliotecas públicas e escolares, atua como bibliotecária na Biblioteca Luís Fernando Veríssimo desde 2016, tendo trabalhado na questão do livro e leitura junto à comunidade escolar e alvoradense. Atualmente é conselheira no Conselho Regional de Biblioteconomia.

A atual bibliotecária destacou o trabalho desenvolvido na cidade e a importância de se valorizar a literatura. “Antes de mim, muitas pessoas já trilhavam esse caminho na Biblioteca, que completou 50 anos. Foram muitos professores, bibliotecários, estagiários e educadores. Assim como eu, todos eles acreditam no livro como uma poderosa arma contra todas as desigualdades”, justifica Bruna.

Cerimonial

Os organizadores do evento (Enaura Tavares, Ana Cristina Pires, Aline Araújo, Valéria Goulart, Jaqueline Bolter, Andréia Cimarostti, André Bozzetti e Luciana Fernandes) foram chamados para serem homenageados pelo trabalho. Devido ao tema da feira – “Os Clássicos são os sonhos dentro de mim…” – houve uma apresentação da Escola Emília de Oliveira e depois a entrada do ‘Estandarte Literário’.

Antes de abrir oficialmente o evento, a secretária da SMED, Neuza Machado, falou sobre a importância da Feira deste ano. “Muitas crianças aprendem as primeiras letras lendo em uma Feira do Livro. As escolas solidificam a leitura e o pensamento crítico, reflexivo e atuante no cidadão. Por isso vamos levar a Feira para dentro das escolas”, encerra a titular da pasta.

COMENTÁRIOS ( )