Sexta-Feira, 25 de Setembro de 2020 |

Setor do transporte escolar

Uma das propostas é a elaboração de um projeto de lei permitindo ao gestor público antecipar pagamento de prestação do serviço

Por Redação em 07 de Agosto de 2020


Ao participar da reunião ordinária da Comissão de Economia, Desenvolvimento Sustentável e do Turismo da Assembleia Legislativa, que tratou da crise dos serviços de transporte escolar no estado, o Procurador-Geral do Estado, Eduardo Cunha da Costa, prometeu remeter ao governador propostas que possibilitem minimizar os problemas resultantes da paralisação das atividades da categoria. Parados desde março, com pouca ou nenhuma renda e sem perspectiva de retorno, microempresas e motoristas autônomos, com contratos de prestação de serviço com o estado e com municípios, estão encerrando atividades. Uma das propostas é a elaboração de um projeto de lei permitindo ao gestor público antecipar pagamento de prestação do serviço.

COMENTÁRIOS ( )