Quarta-Feira, 23 de Agosto de 2017 |

Após derrota em Guaporé, Ser Alvorada se prepara para sequência em casa

Time deve enfrentar Passo Fundo e Lagoa Vermelha em Alvorada

Por Redação em 28 de Julho de 2017

"Equipe perdeu por 8 a 5 do AGE de Guaporé" (Foto: Paulo Manjoli)


Depois de perder fora de casa, a Ser Alvorada volta para casa neste sábado, 29/7, onde enfrenta a equipe de Passo Fundo, que está em quinto lugar na competição, com sete pontos na frente do time alvoradense. A partida é vista como de suma importância para que a Ser Alvorada se distancie em definitivo da zona do rebaixamento. Atualmente o clube está em oitavo lugar e quatro pontos na frente do primeiro rebaixado.

Para o jogo deste sábado, às 20 horas, o técnico Fabiano Ventura conta com os retornos de Cristiano e Ragner, que estavam suspensos pelo terceiro cartão amarelo contra o AGE. Já Iarley segue lesionado e desfalca o time.

Segundo o presidente Oliveira, vencer os dois próximos jogos em casa, contra Passo Fundo e Lagoa Vermelha, é essencial para se afastar de vez dos últimos colocados e se manter na disputa para uma vaga na próxima fase. “Agora precisamos somar os seis pontos em casa para seguir na disputa no campeonato. Essa tabela do segundo turno nos favorece e precisamos tirar proveito disso para chegarmos as quartas de final”, ressalta Oliveira.

Derrota fora

No jogo do último sábado, 22/7, a Ser Alvorada foi até Guaporé, para enfrentar a AGE e voltou para o município com uma derrota. Esse resultado encerrou com a sequência positiva do clube alvoradense, que vinha de uma invencibilidade de cinco partidas. Com a derrota, o time caiu para a oitava colocação e ficou a dois pontos de sair da zona classificatória para a próxima fase.

Com gols de Thauan, Guga (3x) e Bilo, o time acabou perdendo a partida por 8 a 5 e agora precisa correr atrás de bons resultados na sequencia. Para o presidente da Ser Alvorada, Nélio Oliveira, a competição está muita equilibrada neste ano, porém é importante destacar, apesar da derrota, a boa fase que o time vive. “Foram cinco jogos sem perder, sendo quatro vitórias. Essa campanha nos colocou no G-8”, destaca Oliveira.

COMENTÁRIOS ( )