Domingo, 23 de Julho de 2017 |

Após perder na estreia, Ser Alvorada busca reabilitação contra a AGE

Jogo marca a estreia em casa nesta temporada

Por Redação em 05 de Maio de 2017

"Jogo de estreia terminou 4 a 3 para a ACBF" (Foto: Diego Fappa)


Depois da derrota por 4 a 3 na estreia do Gauchão de Futsal Série Prata no último sábado, 29/04, em Cerro Branco, Ser Alvorada se prepara para o primeiro jogo na frente de seu torcedor. O duelo contra a AGE, de Guaporé, às 20h deste sábado será o primeiro da equipe em território alvoradense neste ano. A expectativa de todos é conquistar os primeiros pontos no estadual, os mesmos que escaparam por pouco semana passada.

Para o jogo deste sábado, o técnico Fabiano Ventura tem todos os jogadores a disposição. A expectativa é de que entre 500 e 600 torcedores estejam presentes no Ginásio da Escola São Marcos. O time da AGE vem de derrota na estreia diante do Passo Fundo Futsal por 3 a 1, em jogo realizado em Passo Fundo.

Estreia

Foi por pouco! Menos de um minuto para ser mais preciso. Ser Alvorada, depois de muito insistir e lutar pelo empate, deixou o valioso pontinho escapar faltando menos de um minuto para o fim do jogo de estreia contra a ACBF Cerro Branco, em Cerro Branco, sábado, 29/04. Piolho foi o carrasco dos alvoradenses. Ele arrancou pelo meio e num chutaço fuzilou o goleiro Cristiano.

Ser Alvorada começou levando dois gols logo quando entrou em quadra o segundo quarteto da equipe, formado por Bilo, Guga, Marciel e Bicudo. Rafinha anotou os dois gols num espaço de menos de dois minutos. Logo o técnico Fabiano Ventura retornou com a formação inicial que tinha Giorgi Lucas, Garrati, Lúcio e Juninho. Ser começou então a finalizar mais e ensaiar uma pressão. Quando voltou o quarteto mais experiente veio o gol que diminuiu a vantagem através dos pés de Bilo. Antes do intervalo, Rafinha ainda salvou em cima da linha depois de grande defesa do goleiro Bilica da ACBF.

Na segunda etapa, a pressão continuou e o empate veio num toque de categoria do jovem Garrati que deu apenas uma cavadinha tirando do goleiro. Mal deu tempo de comemorar o empate pois logo na saída de bola o pivô Cris recebeu de costas, girou em cima da marcação e chutou forte para recolocar os donos da casa na frente. Os alvoradenses pressionavam e jogavam bom futsal. Lá atrás, o veterano goleiro Cristiano garantia o resultado defendendo até com os pés. Faltando menos de dois minutos para o fim, Guga recebeu de frente para o gol, dominou, a marcação demorou a chegar e o capitão da Ser chutou no cantinho para empatar o jogo. Depois do 4 a 3, Juninho ainda perdeu um gol quase em cima da linha e Garrati acertou a trave. A bola realmente não queria entrar e o resultado foi mesmo a derrota. Entretanto, Ser Alvorada mostrou em Cerro Branco que é capaz de brigar pela classificação às quartas de final.

COMENTÁRIOS ( )