Sbado, 08 de Agosto de 2020 |

Bruno Monroe conquista Copa do Brasil de futebol digital pela seleção gaúcha

Alvoradense faz parte do Inativos eSports e se prepara para disputar outras competições

Por Redação em 26 de Junho de 2020

"O alvoradense mora no Jardim Esplanada e joga videogame competitivamente desde os 16 anos" (Foto: Divulgação)


Os esportes no Rio Grande do Sul já estão paralisados há cerca de 100 dias devido a pandemia do coronavírus. Contudo, quando se fala de esportes, se pensa no formato tradicional e, principalmente, no futebol. Contudo, diversas alternativas estão sendo planejadas, como esportes virtuais (partidas de xadrez, poker) ou também o e-sport, que vem se popularizando ao longo dos anos.

No domingo, 14/07, foi realizada a final do Copa do Brasil de futebol digital e a seleção gaúcha foi campeã da competição. Entre os convocados estava o alvoradense Bruno Monroe, conhecido no e-sport como Tarta. A modalidade é a 11×11, onde cada jogador controla um único atleta, e o jogo é o PES. Para compreender um pouco mais do esporte, a reportagem conversou com o atleta.

No 11×11 cada jogador controla um único atleta e os controladores se comunicam através de uma sala de bate-papo da própria plataforma Playstation. Isso significa que o jogo mobiliza também 22 atletas, mas de forma remota. Para fazer parte da seleção gaúcha, é necessário estar fazendo parte de uma equipe. Monroe é sócio fundador e atleta dos Inativos eSports.

O alvoradense mora no Jardim Esplanada e joga videogame competitivamente desde os 16 anos. Em 2007 conquistou o seu primeiro grande título, que foi a etapa regional do Mundial da Eletronic Sports World Cup, onde também ficou na terceira colocação nacional. Desde então que Monroe busca competições para seguir no cenário do e-sport gaúcho.

Ele conta que sempre se sobressaiu quando jogava com os amigos. “Sempre tive facilidade em vencer meus amigos e torneios menores. Foi isso que me deu a segurança para ir atrás de competições maiores, como as vinculadas a Federação Gaúcha de Futebol Digital e Virtual e a Confederação Brasileira de Futebol Digital e Virtual”, conta o alvoradense.

Ele conta que esse foi o maior título de sua carreira e explica a importância da conquista. “Por sem um título nacional podemos dizer que sim, essa foi a maior competição organizada até hoje na modalidade 11x11 no Brasil. Tenho algumas conquistas individuais a nível regional e bons resultados a nível nacional, mas um título Nacional tem sim um peso muito maior”, justifica Monroe.

Questionado sobre o futuro, Monroe relata que estava afastado das competições nos últimos anos em virtude da vida corrida de trabalho e estudos, porém agora formado e com a questão da pandemia foi possível voltar ao circuito. O Inativos eSports disputará a partir do dia 18/07 o campeonato brasileiro de Clubes, com a base da seleção gaúcha campeã da Copa do Brasil e, segundo ele, tem chances reais de título.

Por causa disso, o alvoradense afirma não ter grandes ambições em competições individuais. “Estou 100% focado no modo 11x11 que é o que mais cresce no modo. Várias equipes de futebol real estão fechando contratos com equipes de futebol digital e o Inativos eSports tem negociações em andamento, então sim, existe a possibilidade de crescimento do mercado a curto prazo e projeto ainda grandes títulos”, finaliza Monroe.

COMENTÁRIOS ( )